Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11398
acessibilidade
Title: O som e os outros a vida e a morte: percepções da vida e da morte na adolescência
Authors: Pereira, Rute Rodrigues do Canto
Orientador: Oliveira, Abílio
Keywords: Adolescência
Morte
Música
Representações Sociais
Vida
Adolescence
Death
Life
Music
Social Representations
Issue Date: 2009
Citation: PEREIRA, Rute Rodrigues do Canto - O som e os outros a vida e a morte: percepções da vida e da morte na adolescência [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2009. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11398>.
Abstract: O objectivo principal deste trabalho foi apreender as representações sociais (RS) da vida e da morte numa população adolescente. Pretendeu-se, igualmente, perceber que associações poderiam existir entre estas representações e as preferências musicais destes jovens, bem como com as opiniões dos outros (por exemplo, pai, mãe, amigos, namorado). Para isso, foi aplicado um questionário a 262 jovens, de ambos os sexos, entre os 15 e os 19 anos, alunos do secundário. Os resultados indicam que estes adolescentes têm clara preferência por música rock, que a vida é associada sobretudo aos amigos e à diversão, e que a morte é representada essencialmente como tristeza, dor e sofrimento. Importa salientar que estas representações variam de acordo com a pertença social, sendo que as raparigas, mais do que os rapazes, tendem a ancorar a vida ao relacionamento com o outro e ao mal-estar; os jovens de 15-16 anos entendem-na como realização pessoal, mais do que os adolescentes de 17-19 anos. Relativamente às representações da morte, são as raparigas que mais salientam as dimensões associadas ao mal-estar, ao ritualismo e ao relacionamento/afastamento do outro. As opiniões dos amigos são muito importantes nas preferências musicais, assim como são, em particular, as da família e dos amigos, nas RS da vida e da morte.
The purpose of this study was to understand how life and death are represented among an adolescent population. It was our goal, as well, to examine how these social representations might be linked with musical preferences and with the opinion of significant others (such as mother, father, friends). To accomplish this goal, a questionnaire was completed by 262 adolescent’s students, male and female, 15 to 19 years old, from a public school. The findings indicate that rock is among the most important references in music, that life is mainly associated to friends and amusement and death is represented as sadness, suffering and pain. Results also suggest that girls, more than boys, are most likely to represent life with sadness and as closeness to others; and that, in particular, younger adolescents (15-16 years old) seem to understand it as personal accomplishment. Regarding social representations of death, girls anchor it mainly in feelings of sadness, pain and loss, in its ritualistic component and in the absence of others. The opinions of others proved to be relevant not only regarding musical preferences, but also in understanding life and death.
Description: 3020 Group & Interpersonal Processes / 3040 Social Perception & Cognition
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11398
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
O som e os outros na vida e na morte.pdf825.31 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.