Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11258
acessibilidade
Title: O pequeno agricultor africano: problemas que enfrenta e perspetivas sobre o seu futuro
Authors: Almeida, André Filipe Ferreira de
Orientador: Carvalho, Ana Catarina Larcher das Neves S.
Keywords: Pequena agricultura
Segurança alimentar
Pobreza
Agricultura
Small Farmers
Food Security
Poverty
Agriculture
Issue Date: 2015
Citation: ALMEIDA, André Filipe Ferreira de - O pequeno agricultor africano: problemas que enfrenta e perspetivas sobre o seu futuro [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11258>.
Abstract: Os pequenos agricultores em África têm sido ameaçados por vários constrangimentos naturais, económicos, políticos e sociais ao longo das últimas décadas, que têm contribuído para o fracasso do desenvolvimento do setor agrícola no continente e inibido o alívio da pobreza e insegurança alimentar. Desde a independência das nações africanas que se assistiu ao declínio da capacidade produtiva da agricultura no continente, pelo que atualmente, a maioria, dos pequenos agricultores dedicam-se a uma produção alimentar para autossuficiência. Os programas de ajustamento estrutural erodiram o tecido produtivo agrícola, posteriormente a ausência de investimento na agricultura e a concorrência estrangeira aliada a acordos agrícolas internacionais desfavoráveis a África inibiram a revitalização deste setor. Devido às fracas condições que o setor oferece, o pequeno agricultor tem procurado diversificar o seu portfólio de atividades, nomeadamente para fora da agricultura. Destaca-se que os rendimentos conseguidos em atividades não-agrícolas caraterizam-se por serem baixos e irregulares. No entanto, é através da manutenção desta estratégia que a pequena agricultura tem conseguido garantir a sua sobrevivência, ainda que de forma bastante deficiente. Esta dissertação tem como objetivo compreender por que razão o pequeno agricultor é quem mais sofre de pobreza e insegurança alimentar no continente africano. Neste sentido, procura-se perceber como é que os agricultores perderam capacidade produtiva e quais os desafios que os impedem, em alguns casos, de assegurar a sua segurança alimentar. Apesar das suas fragilidades a pequena agricultura, é vista como detentora de um enorme potencial para reduzir a pobreza e insegurança alimentar no continente.
Small farmers in Africa have been threatened by various natural, economic, political and social constraints over the past decades, which have contributed to the failure of the development of the agricultural sector on the continent and inhibited alleviation of poverty and food insecurity. Since the independence of African nations a decline of the productive capacity of agriculture on the continent has been observed, so today the majority of small farmers are dedicated to food production for self-sufficiency. The structural adjustment programs eroded the agricultural productive fabric, besides that the lack of investment in agriculture and foreign competition combined with unfavorable international agricultural agreements to Africa, have inhibited the revitalization of this sector. Due to the poor conditions that the sector offers, the small farmer have sought to diversify its portfolio of activities, mainly out of the agriculture. It is noteworthy that the income from in non-agricultural activities is characterized by being low and irregular. However, it is by maintaining this strategy that small farming has been able to ensure its survival, albeit quite poorly. This research aims to understand why the small farmer is the one who suffers most from poverty and food insecurity in Africa. In this sense, we seek to understand how these farmers lost productive capacity and which challenges they are still facing that prevents them, in some cases, to ensure their food security. Despite its weaknesses smallholder agriculture, it is seen as having an enormous potential to reduce poverty and food insecurity on the continent.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11258
Designation: Mestrado em Estudos Africanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Mestrado V Final André Almeida.pdf819.02 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.