Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10426
acessibilidade
Title: Adaptação de imigrantes Portugueses em Angola: estatuto, indispensabilidade funcional e estratégias de aculturação
Authors: França, Ávany Pires
Orientador: Guerra, Rita
Keywords: Aculturação
Estatuto Relativo
Indispensabilidade funcional
Contexto colonial
Distância social
Acculturation
Relative status
Functional indispensability
Colonial context
Social distance
Issue Date: 2015
Citation: FRANÇA, Ávany Pires - Adaptação de imigrantes Portugueses em Angola: estatuto, indispensabilidade funcional e estratégias de aculturação [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10426>.
Abstract: A literatura sobre aculturação tem-se centrado maioritariamente na análise das estratégias de manutenção de cultura e/ou adoção da cultura de acolhimento, adotadas pelos imigrantes, assim como nas consequências psicossociais dessas estratégias para a sua adaptação. Estudos recentes salientam a importância de explorar novos fatores que possam influenciar essas escolhas e preferências. No presente estudo investigámos, de forma exploratória, o impacto da indispensabilidade funcional e do estatuto relativo no processo de aculturação e, consequentemente, na adaptação psicológica e sociocultural de emigrantes Portugueses em Angola, um dos principais destinos da nova configuração da emigração portuguesa. O estudo foi realizado com imigrantes Portugueses que vivem e/ou trabalham atualmente em Angola (N=89). Os participantes foram recrutados através de grupos de imigrantes no Facebook e preencheram um questionário online que continha as medidas de interesse. Contrariamente ao esperado, o estatuto relativo e a indispensabilidade funcional não influenciaram as estratégias de aculturação. No entanto, os resultados revelaram que a indispensabilidade funcional afetou negativamente a adaptação dos Portugueses em Angola. Concretamente, e contrariamente ao esperado, o efeito negativo da indispensabilidade funcional na adaptação e na satisfação com a vida deve-se, em parte, à distância social sentida pelos imigrantes Portugueses face à sociedade Angolana. Por fim, os resultados também demonstraram uma associação entre o nível educacional dos imigrantes Portugueses em Angola e a sua adaptação, revelando que, os mais escolarizados enfrentam mais dificuldades de adaptação que os menos escolarizados.
The literature on acculturation has focused mainly on analyzing the strategies of culture maintenance and/or adoption of the host culture chosen by immigrants, as well as, the psychosocial consequences of these strategies for their adaptation. Recent studies have emphasized the importance of exploring new factors that might influence these choices and preferences. The present study investigated, using an exploratory approach, the impact of functional indispensability and relative status on acculturation preferences and consequently on the psychological and socio-cultural adaptation of Portuguese emigrants in Angola, one of the main destinations of the new configuration of Portuguese emigration. The study was conducted with Portuguese immigrants who live and/or work currently in Angola (N = 89). Participants were recruited through immigrant groups on Facebook and completed an online questionnaire containing the measures of interest. Contrary to our expectation, relative status and functional indispensability did not impact the acculturation preferences. However, results revealed that functional indispensability negatively affected the adaptation of Portuguese in Angola. Specifically, and contrary to our expectations, the negative effect of functional indispensability on adaptation and life satisfaction was partially due to the social distance felt by Portuguese immigrants towards the Angolan society. Finally, the results also demonstrated an association between the educational level of the Portuguese immigrants in Angola and its adaptation, revealing that the more educated face more difficulties in adapting than the less educated.
Description: Mestrado em Psicologia das Relações Interculturais / PsycINFO Codes: 3000 Social Psychology; 3020 Group & Interpersonal Processes
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10426
Thesis identifier: 201112825
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação Ávany França - Adaptação de imigrantes.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.