Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10240
acessibilidade
Title: Estudo sobre frota própria versus frota subcontratada na empresa Logifarma
Authors: Rodrigues, Gonçalo Sonso de Sousa
Orientador: Ramos, Tânia
Keywords: Distribuição
Frota própria
Frota subcontratada
TourSolver
Otimização
Distribution
Own fleet
Hired fleet
Optimization
Issue Date: 2014
Citation: RODRIGUES, Gonçalo Sonso de Sousa - Estudo sobre frota própria versus frota subcontratada na empresa Logifarma [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10240>.
Abstract: Este trabalho visa analisar a situação atual da distribuição de um operador logístico de produtos farmacêuticos – a Logifarma – e estudar uma possível alteração do binómio frota própria versus frota subcontratada. A alteração será realizada através do aumento da distribuição realizada pela frota própria na Região Norte de Portugal Continental, com vista a aumentar a autonomia sobre a distribuição nesta região do país e à otimização dos custos logísticos, pois esta é uma região algo negligenciada pela distribuição da frota da Logifarma. Foram definidos quatro cenários para análise que constituem possíveis alternativas à situação atual, visto que o Porto apenas é servido em 7% por frota própria sobre o total da distribuição da Logifarma. Para analisar os cenários foi utilizada a ferramenta MapPoint do programa informático TourSolver que permite a otimização dos custos e um melhor planeamento das rotas. Concluiu-se que ter uma carrinha com maior capacidade de carga para distribuir para a região supra referida, de momento, não é economicamente vantajosa. Contudo, tendo uma plataforma cross-docking no distrito do Porto, e expedir por frota própria cerca de metade das encomendas (em vez das atuais 7% das encomendas) reduz o custo de transporte por volume em 52%, sendo este cenário o recomendado.
This work aims to analyze the current situation of Logifarma’s distribution system and study a change regarding the use of own fleet versus hired fleet. The goal is to increase the use of own fleet in the distribution activity in the north region of Portugal, in order to optimize the logistics costs. Four scenarios were defined, which constitutes possible alternatives to the current situation, in which the north region of Portugal is only served by own fleet in 7%. To analyze those scenarios a tool, MapPoint, from the software TourSolver was used, which allows an optimization of costs and a better routing plan. The conclusion was that owning a truck with higher capacity to distribute on the north region of Portugal, it's not, for now, an economical advantage. On the other hand, owning a cross-docking warehouse at Porto district and distribute half of the orders (instead of the current 7%) is economically more viable, given that the costs are expected to decrease 52%. Therefore, the recommendation is that Logifarma should implement this scenario in order to reduce its costs.
Description: Mestrado em Gestão de Serviços e da Tecnologia / Classificação JEL: M11 – Production Management; O18 – Urban, Rural, Regional and Transportation Analysis
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10240
Thesis identifier: 201047500
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.