Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9939
acessibilidade
Title: Elaboração de um balanced scorecard para start-ups
Authors: Gonçalves, Tiago António Romano
Orientador: Simões, Ana Maria
Keywords: Balanced scorecard
Empreendedorismo
Estratégia
Start-Up
Entrepreneurship
Strategy
Issue Date: 2013
Citation: GONÇALVES, Tiago António Romano - Elaboração de um balanced scorecard para start-ups [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9939>.
Abstract: O universo empresarial em Portugal é fundamentalmente constituído por empresas de pequena e média dimensão. Com a atual conjuntura económica e derivado de uma mudança de paradigma que se começa a verificar na cultura empresarial portuguesa, tem-se assistido a um cada vez maior esforço de empreendedorismo, o qual se tem traduzido no surgimento de um número crescente de Start-Ups em Portugal. As características estruturais e muito específicas das Start-Ups, das quais se destacam a sua reduzida dimensão, escassez de recursos, atuação numa envolvente de elevada incerteza e a extrema dependência ao nível dos seus próprios empreendedores e respetivos stakeholders, conjugadas com a forte concorrência do mercado global, levam a que haja uma forte necessidade de orientação estratégica, bem como uma capacidade de reporting e de avaliação e monitorização da performance, nestas organizações. Através do estudo de caso e da análise realizada no presente trabalho, foi possível concluir que o Balanced Scorecard representa uma solução para grande parte das dificuldades enfrentadas pelas Start-Ups. Para esse efeito, foi definida uma matriz do framework do ciclo de gestão estratégica que se materializa e interliga com a ferramenta do Balanced Scorecard e que poderá ser aplicada, de forma transversal, a qualquer Start-Up, tendo contudo, que se ter sempre em conta que existem determinadas especificidades relativas a cada negócio que implicam uma ponderação, caso a caso, de eventuais ajustamentos à metodologia do Balanced Scorecard numa Start-Up. Da análise realizada, foi possível constatar uma recetividade das Start-Ups quanto à implementação de uma ferramenta de gestão estratégica e operacional como o Balanced Scorecard, embora exista uma perceção empírica de que haverá sempre uma maior adaptabilidade deste instrumento de gestão nas situações em que essas empresas já tenham uma estrutura organizacional com algum nível de complexidade.
Small and medium enterprises represent the majority of the Portuguese firms. With the current economic situation and with the recent changes verified over the Portuguese business culture mind-set, a new entrepreneurship level has been achieved and as a consequence, a growing number of Start-Ups are emerging in Portugal. Start-Up companies present very specific and structural characteristics, namely a small size, limited resources and misconception of performance measurement processes. They also compete in continuously changing environments and are not only extremely dependent on their entrepreneurs, but also exposed to their stakeholders (namely their shareholders). This, combined with their limited abilities, demands a strong need for strategic guidance, reporting skills as well as with monitoring and performance management evaluation on these organizations. The case study and the analysis conducted during the work performed show that the Balanced Scorecard contains a solution to most of the challenges faced by Start-Ups. As a result, the current work has defined a matrix framework of the strategy management cycle for Start-Ups that materializes the Balanced Scorecard just as in a tailor-made way. Nevertheless, one must always take into consideration that there are certain specificities for each particular business which impacts the correct feasibility of implementing a management tool such as the Balanced Scorecard. From the analysis made, we verified the willingness of Portuguese Start-Ups on the implementation of a management system for strategic and operational measurement such as the Balanced Scorecard, although there is an empirical perception that there will be a higher implementation success on that management system in organizational structures with some level of complexity.
Description: Projeto de Mestrado em Finanças
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9939
Thesis identifier: 201029413
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_BSC_STARTUPS_TIAGO_GONÇALVES.pdf3.01 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.