Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9256
acessibilidade
Title: Um estudo experimental sobre os preditores da perda de noção de tempo e a influência desta no desempenho
Authors: Lopes, Carlos José dos Anjos
Orientador: Ferreira, Aristides
Keywords: Comportamento organizacional
Gestão de tempo
Perda de noção de tempo
Psicologia organizacional e Industrial
Desempenho
Organizational behavior
Time management
Timelessness
Industrial & organizational psychology
Performance.
Issue Date: 2014
Citation: LOPES, Carlos José dos Anjos - Um estudo experimental sobre os preditores da perda de noção de tempo e a influência desta no desempenho[Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9256>.
Abstract: Nas organizações vários são os fatores que tem influência na sua gestão. A forma como o tempo é assumido pela organização e seus funcionários faz parte desses fatores. Uma abordagem nesta temática é o modelo de experiência de perda de noção de tempo nas organizações (Mainemelis, 2001). Um estudo experimental foi conduzido para testar parcialmente o modelo de Mainemelis. O estudo inter-sujeitos teve duas condições e foi realizado por uma amostra de 73 estudantes universitários. Verificamos como esperado que os factores presentes no modelo de Mainemelis motivação intrínseca, feedback imediato, autonomia, significado do trabalho e perda de noção de tempo tiveram valores significativamente mais altos na condição que teve uma tarefa de menor tédio, maior complexidade e maior feedback de desempenho. Ficou também demonstrado que em tarefas que cumprem o modelo de Mainemelis existe uma tendência para a perda de noção de tempo prever o desempenho. No mesmo tipo de tarefas, uma mais baixa perceção de tempo passado determinou um melhor desempenho. Concluímos com implicações teóricas e práticas no mundo da gestão das organizações.
There are several factors influencing the management of organizations. The way in which time is perceived by the organization and its employees is one of these factors. One approach to this is the model for the experience of timelessness in organizations (Mainemelis, 2001). An experimental study was run to partially test the model by Mainemelis. The intersubject study tested two conditions and was carried out by a sample of 73 university students. As expected, we found that the factors which were present in the model by Mainemelis − intrinsic motivation, immediate feedback, autonomy, meaningful work and timelessness reached significatively higher values in the less tedious, more complex higher performance feedback task. It was also shown that in tasks following the model by Mainemelis there is a tendency to loss of time awareness predicting performance. In the same kind of tasks, a lower perception of the time spent determined a better performance. We conclude pointing out the theoretical and practical implications in the world of management of organizations.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9256
Thesis identifier: 201066319
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2014_ECSH_DPSO_Dissertacao_Carlos Jose dos Anjos Lopes.pdf4.26 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.