Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9246
acessibilidade
Title: Conceções sobre a parentalidade de pais e mães de origem cabo-verdiana a residir em Portugal
Authors: Teixeira, Catarina Sofia da Silva
Orientador: Alexandre, Joana Celeste Dias
Keywords: Parentalidade
Cabo-verdianos
Crenças
Valores parentais
Estilos
Práticas parentais
Parenting
Cape verdeans
Parental beliefs
Values
Parental styles
Parents practices
Issue Date: 2014
Citation: TEIXEIRA, Catarina Sofia da Silva - Conceções sobre a parentalidade de pais e mães de origem cabo-verdiana a residir em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 9246. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9246>.
Abstract: Universalmente, um dos objetivos dos pais consiste na promoção do bem-estar e desenvolvimento pleno da criança. No entanto, verificam-se diferenças no exercício da parentalidade em função da etnicidade e cultura. Grande parte dos estudos focam-se, sobretudo, nas conceções das mães, descurando os pais nesta análise. Neste contexto, o presente trabalho pretende contribuir para um melhor conhecimento sobre esta temática em grupos minoritários de modo a defender os direitos e proteção das crianças, através da promoção do seu bem-estar e desenvolvimento integral (Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, 1999). Visto que a população Cabo-Verdiana constitui o segundo grupo de imigrantes mais representativo em Portugal, este trabalho visa 1) Analisar quais as crenças educativas e os valores que pais e mães Cabo-Verdianos, a residir em Portugal, procuram transmitir aos filhos; 2) Identificar as suas práticas e estilos parentais e 3) Explorar em que medida a aculturação se inscreve no exercício da sua parentalidade. Para responder aos objetivos propostos, realizaram-se 13 entrevistas individuais semiestruturadas, com pais (N=7) e mães (N=6) de origem Cabo-Verdiana a residir em Portugal. Em termos gerais, das entrevistas conduzidas salienta-se o desenvolvimento de valores morais e sociais, e o desenvolvimento social e pessoal dos filhos como principais metas parentais. Por seu lado, o estilo autoritativo parece ser o mais expressivo nos discursos de pais e mães Cabo-Verdianas, bem como o recurso a práticas indutivas. Os participantes destacam, também, que a parentalidade Cabo-Verdiana é mais punitiva do que a Portuguesa, revelando-se importante no exercício da parentalidade para um significativo número de pais e mães. Os resultados serão discutidos à luz das teorias existentes sobre este tópico de pesquisa.
Universally, one of the goals of parents is to promote the well-being and full development of the child. However, there are differences in the exercise of parenting in terms of ethnicity and culture. Most studies are focused mostly on conceptions of mothers, disregarding parents in this analysis. In this context, this paper aims to contribute to a better knowledge on this subject in minority groups in order to defend the rights and protection of children by promoting their well-being and integral development (Law of Protection of Children and Young People in Danger, 1999). Since the Cape-Verdean population is the second most representative group of immigrants in Portugal, this study aims to 1) review which educational beliefs and values Cape-Verdeans parents, living in Portugal, seek to convey to their children; 2) Identify their practices and parenting styles, and 3) Explore the extent to which acculturation is inscribed in the exercise of their parenting. To achieve to the proposed objectives, were performed 13 individual semi-structured interviews with Cape-Verdean parents (N = 7) and mothers (N = 6), living in Portugal. In general, the conducted interviews pointed out that the development of moral and social values, and social and personal development of children as the main parenting goals. On one hand, the authoritative style seems to be the most significant in the speeches of the Cape-Verdean fathers and mothers as well as the use of inductive practices. Participants also emphasize that the Cape-Verdean parenting is more punitive than the Portuguese, revealing to be important in the exercise of parenting for a significant number of fathers and mothers. The results will be discussed in light of existing theories on this research topic.
Description: Códigos PsycINFO: 2930 Cultura & Etnologia 2950 Casamento & Família 2956 Educação Infantil & Cuidado da Criança
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9246
Thesis identifier: 201061538
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Catarina Teixeira.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.