Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9203
acessibilidade
Title: É recíproca a influência entre a despesa total em saúde e a despesa com medicamentos em Portugal?
Authors: Monteiro, Marco António Mota
Orientador: Vale, Sofia de Sousa
Keywords: Despesa
Saúde
Medicamentos
Influência
Expenditure
Health
Pharmaceuticals
Influence
Issue Date: 2014
Citation: MONTEIRO, Marco António Mota - É recíproca a influência entre a despesa total em saúde e a despesa com medicamentos em Portugal? [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9203>.
Abstract: Encontra-se academicamente suportado que os custos com medicamentos contribuem para a evolução da despesa referente à saúde, como variável da sua evolução. Pretende-se perceber, no entanto, se esta é uma relação recíproca. O presente estudo debruça-se sobre a realidade económica e financeira do setor da saúde, mais especificamente sobre o impacto que os medicamentos têm na sua evolução, sob a ótica da despesa e da intervenção do setor público. Esta é, indubitavelmente, uma problemática da mais elevada importância para a sociedade, nomeadamente, em Portugal, cuja prestação e regulação dos serviços de saúde se encontra largamente dependente do setor público. Pretende a presente dissertação efetuar, de uma forma concreta e sistematizada, a análise das funções atribuídas ao comumente designado por Estado, encontrando nelas a legitimidade para a sua intervenção no setor da saúde. Parte-se, deste ponto, para a análise do setor da saúde, observando a evolução da sua despesa, particularizando a parcela dos medicamentos, por forma a perceber se estes influenciam e são influenciados pela despesa total do setor. Serão, para tal, aplicados os testes função impulso-resposta e decomposição da variância, entre outros, no sentido de relacionar as variáveis e atingir resultados. Os resultados alcançados garantem que existe, efetivamente, uma reciprocidade de influência entre ambas as variáveis, embora em diferentes escalas e em distintos sentidos
Academic research finds that drugs (pharmaceuticals) costs contribute to the evolution of health sector expenses. However, the study will try to understand if this is a mutual relationship. The dissertation focus the economic and financial reality of health, specifically the impact of her total expenditure and the pharmaceuticals expenditure as well. This is an important issue to society, particularly in Portugal, where health services and regulation largely depends on public sector. The main goal of the dissertation is, first, to analyze the State roles, trying to find on them the reason of the State intervention. Starting from this point, the study will twigging the evolution of both expenditures (health system and pharmaceuticals) and trying to understand if they are mutually influenced. Will be applied the impulse-response function and the variance decomposition methods to relate both expenditures and to achieve results. The study concludes there is a mutual influence between these two expenditures, despite of the different interpretations.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/9203
Thesis identifier: 201021340
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL - IMPRIMIR.pdf960.36 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.