Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/9147
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlexandre, Joana-
dc.contributor.authorGalvão, Mariana Valentim-
dc.date.accessioned2015-06-30T17:20:44Z-
dc.date.available2015-06-30T17:20:44Z-
dc.date.issued2014-
dc.date.submitted2014-09por
dc.identifier.citationGALVÃO, Mariana Valentim - Conceções sobre parentalidade de mães guineenses a residir em Portugal: um estudo qualitativo [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2014. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/9147>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/9147-
dc.descriptionCódigos PsycINFO: 2930 Cultura e Etnologia, 2950 Casamento e Família, 2956 Educação Infantil e Cuidado da Criançapor
dc.description.abstractO presente trabalho visa conhecer as conceções de parentalidade de mães guineenses a residir em Portugal, procurando compreender em que medida o contacto com a cultura de acolhimento se reflete nos seus discursos. Esta questão é importante considerando o papel determinante da cultura sobre a parentalidade, e a escassez de estudos nesta temática no contexto nacional. Foram analisadas nove entrevistas individuais com mães oriundas da Guiné-Bissau, cujos resultados remeteram para três dimensões: os valores, as práticas e os estilos parentais. No que concerne aos valores, destacam-se os de valência mais coletivista (i.e., o respeito e a importância do grupo familiar), sendo os mesmos apontados como valores tradicionais guineenses. As entrevistadas identificaram ainda diferenças no que respeita aos valores da cultura de acolhimento (e.g., ausência de respeito e valor negativo atribuído à punição corporal) às quais procuram ajustar as suas práticas. Assim, para além de existir conformidade entre as práticas parentais e alguns dos valores tradicionais guineenses (e.g., o valor de trabalho e a obrigatoriedade das tarefas domésticas), é identificada a influência da aculturação através da utilização conjugada de práticas valorizadas pela cultura de acolhimento. Finalmente, relativamente aos estilos parentais são enfatizados aspetos que compõem simultaneamente os estilos autoritário e autoritativo (e.g., hierarquia e relação de proximidade). Este estudo contribui para a compreensão de diferenças culturais ao nível da parentalidade, permitindo ainda a consciencialização dos técnicos e a adequação de respostas interventivas.por
dc.description.abstractThis study aims to explore the conceptions of parenting of Guinean mothers living in Portugal, and to understand the extent to which contact with the host culture is reflected in their speeches. This issue is relevant given the crucial role of culture on parenting, and the lack of studies on this topic in the national context. Nine individual interviews with mothers from Guinea-Bissau were analyzed, in which the results pointed towards three dimensions: values, practices and parenting styles. Concerning values, collectivistic notions were highlighted (i.e., respect and the importance of family group) and identified as Guinean traditional values. The interviewees also identified differences in the host culture values (e.g., lack of respect and negative value assigned to corporal punishment) to which they try to adjust their practices. Thus, in addition to a match between parenting practices and some of the Guinean traditional values (e.g., the value of work and the requirement of domestic chores), the influence of acculturation through the combined use of practices valued by the host culture is identified. Finally, with regard to parenting styles, these mothers seem to refer to aspects that compose both authoritarian and authoritative styles. This study contributes to the understanding of cultural differences in parenting, to raise awareness among professionals working with this population, and to inform tailored interventions.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectMigraçãopor
dc.subjectAculturaçãopor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectParentalidadepor
dc.subjectMigrationpor
dc.subjectAcculturationpor
dc.subjectFamilypor
dc.subjectParentingpor
dc.titleConceções sobre parentalidade de mães guineenses a residir em Portugal: um estudo qualitativopor
dc.typemasterThesispt-PT
dc.peerreviewedSimpor
dc.identifier.tid201063174por
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores-
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Mariana Galvão - Parentalidade para Mães Guineenses em Portu.pdf750.23 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.