Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/8569
acessibilidade
Title: Modelos de gestão e prioridades da organização das instituições particulares de solidariedade social: um inquérito às IPSS’s no distrito de Lisboa
Authors: Batalha, José Carlos Borges
Orientador: Casanova, José Luís Sanches
Carvalho, Helena Maria Barroso
Issue Date: 2013
Citation: BATALHA, José Carlos Borges - Modelos de gestão e prioridades da organização das instituições particulares de solidariedade social: um inquérito às IPSS’s no distrito de Lisboa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/8569>.
Abstract: Num quadro distrital caracterizado por uma intensa e dinâmica atividade social mas com uma clara ausência de informação disponível e sistematizada, constitui objetivo fundamental deste trabalho conhecer e promover o conhecimento das instituições particulares de solidariedade social do distrito de Lisboa nas suas diversas vertentes e dimensões como a implantação, natureza jurídica, tempo de existência, fins estatutários, dimensão, fontes de financiamento, respostas sociais que desenvolvem, recursos humanos e dinâmicas sócio organizacionais, relações interinstitucionais, importância do voluntariado, dinâmica social do meio envolvente, contribuindo assim para a sua visibilidade e procurando chamar a atenção para o papel relevante que desempenham ao nível local, distrital e nacional. Procuramos evidenciar a complexidade dos contextos organizacionais das instituições de solidariedade social, os seus constrangimentos e potencialidades e a pertinência do seu estudo devido ao papel que desempenham na dinamização sócio económica das comunidades locais, na criação de laços e de redes de solidariedade e como espaço de aprofundamento, de investigação e de ação bem como de formação de políticas públicas de intervenção social futura. Como fica demonstrado a maioria das IPSS’s da amostra iniciaram a sua atividade depois de Abril/74 e a sua área de atuação é ao nível da freguesia. São dirigidas, na sua esmagadora maioria por presidentes do sexo masculino, em regime de voluntariado, na faixa etária acima dos 60 anos e há mais de 12 anos ao leme das suas instituições. Também a maioria dos presidentes não frequentam ações de formação para dirigentes embora as promovam para o pessoal auxiliar e técnico. Mais de 60% das instituições da amostra são de grande ou muito grande dimensão. O conjunto das respostas para a população idosa é mais de metade do total das respostas sociais existentes. A principal fonte de financiamento das IPSS’s cabe ao Estado mas apenas cobre 42% dos custos operativos das respostas sociais, relativamente às quais, os dirigentes inquiridos, apresentam posturas pouco recetivas às novas realidades e à exigência da qualidade das respostas sociais. Em alguns concelhos as IPSS’s são, depois das Autarquias, os principais empregadores.
The main purpose of this paperwork consists on promoting the knowledge of Lisbon’s Social Solidarity Private Institutions as well as it’s several strands and dimensions whereby implantation, juridical nature, existence time, statutory ends, dimension, financial resources, social response, human resources, volunteering, inter-institutional relationships. It is also imperative for this study the possibility to draw the attention to the relevant role that these institutions play locally and nationally. As established the activity of the majority SSPI was initiated after April 74 and their operation area is at parish. They are lead mostly by male presidents, volunteering, aged up to 60 and with more than 12 years of experience in their own institutions. Also the majority of the presidents do not attend leadership workshops although, they promote this kind of activities for auxiliary personnel and technical. Over 60% of the institutions have large amounts of users and employees. The service’s ensemble for elderly is over half of the existent by now. The government is the main funder of these institutions but only covers 42% of operational costs of social responses, whose leaders aren’t able to adapt to new realities and also to the quality demand of social responses. In some counties SSIP’s are the main employer, even after some municipalities.
Description: Mestrado em Sociologia e Planeamento
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/8569
Thesis identifier: 201121700
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
JBatalha_Tese_Mestrado_2013.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.