Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/8032
acessibilidade
Title: A mão esquerda e a mão direita do Estado português: que atuais tendências?
Other Titles: The left and the right hand of the Portuguese State: current trends
Authors: Botelho, Maria do Carmo
Mauritti, Rosário
Nunes, Nuno
Craveiro, Daniela
Keywords: Austeridade
Emprego público
Funções do Estado
Desigualdades sociais
Austerity
Public employment
State functions
Social inequalities
Issue Date: 2014
Series/Report no.: Observatório das Desigualdades e-Working Paper
4/2014
Abstract: A política socioeconómica de austeridade presentemente levada a cabo em Portugal, está em grande medida fundada na crença de que a competitividade económica é mais facilmente concretizável reduzindo substancialmente o orçamento para os serviços públicos. Esta política tem sido operacionalizada, principalmente, através da redução do emprego público e da redução do peso das contribuições do Estado, em especial as transferências diretas de pensões aos funcionários públicos aposentados. Neste paper apresentamos uma abordagem multidimensional do universo total de funcionários públicos e pensionistas da CGA, desde 2005 até 2013, utilizando a informação estatística disponível na DGAEP. Desenvolve-se a propósito uma análise multivariada das características sociodemográficas e profissionais dos atuais servidores públicos, empregados e aposentados. Os resultados desta abordagem permitem ter uma perspetiva sobre as tendências estruturais no perfil socioprofissional dos trabalhadores e valências de serviços do Estado associadas, em Portugal. As variações observadas nas áreas de intervenção do Estado dão uma visão das mudanças em curso nas respostas dos serviços públicos. Uma questão permanece em aberto: em que medida as novas regras de pensões contribuem para o acréscimo das desigualdades económicas na velhice?
In Portugal, the current socioeconomic policy of austerity relies on believe that economic competitiveness is easier achievable by substantially reducing the budget for public services. This policy has been achieved especially by the reduction of public employment and, at same time, by relieving the weight of contributions from the state, particularly the direct transfers of pensions to public servants retirees. We present a quantitative multidimensional approach of the total universe of public employees and new pensioners of CGA, since 2005 until 2013, using the statistical information available at DGAEP. A multivariate analysis is conducted, considering the current public servants employees and retirees, in terms of their socio-demographic and professionals characteristics. Knowledge will be stated regarding structural trends in the Portuguese socio-professional state profile. The variations according to the areas of state intervention give us a perspective of the changes that are occurring in the responses of public services. Are the new pension rules increasing economic inequalities in old age?
Description: http://observatorio-das-desigualdades.com/
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/8032
DOI: 10.15847/CIESODWP042014
ISSN: 2183-4199
Appears in Collections:OD-CIES - WP - Working paper

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
A mão esquerda e a mão direita do Estado português_Botelho et al_e-Working Paper N.º 4_2014.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.