Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7944
acessibilidade
Title: Mundo Novo : vertente projetual : habitar Amoreiras 2032, dissertação a arquitetura habitacional rural madeirense (recorte de memórias)
Authors: Sá, Sérgio Duarte Pestana de
Orientador: Pinto, Paulo Tormenta
Saldanha, José Luís
Pereira, Sandra Marques
Keywords: Arquitetura popular rural
Ilha da Madeira
casa
Habitação rural
Alojamento familiar
Vivências no espaço doméstico rural
Perfil de habitantes
Relações entre perfil de habitantes e propostas de gestão do espaço urbano
Perfil de habitantes e projeto de habitações
Rural folk architecture
Madeira; house/rural housing
Family housing
Experiences in the home country
Profile people
Relations between residents and profile management proposals of urban space
Profile residents and housing project
Issue Date: 2013
Citation: SÁ, Sérgio Duarte Pestana de - Mundo Novo : vertente projetual : habitar Amoreiras 2032, dissertação : a arquitetura habitacional rural madeirense (recorte de memórias) [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7944>.
Abstract: Esta dissertação engloba duas vertentes: uma projetual e outra teórica. Na primeira, os temas foram desenvolvidos em torno do conceito de “Mundo Novo”, imagem ancorada nos pressupostos concetuais de A. Huxley (1932), onde se recolhe um referencial passível de contextualizar um futuro a médio prazo, dada a dinâmica paradoxal que opõe os pressupostos da cultura moderna e industrial à perspetiva de organização neo-ruralista. Congregados nesses fundamentos, foram problematizados fatores como a influência da organização económica e política nos modos de vida e na relação do indivíduo com a sua comunidade, a influência da tecnologia na organização social, bem como o modo como os recursos naturais poderão influenciar as ações sobre o território, a localização e a organização do espaço doméstico. A reflexão e dimensionamento desta problemática visaram a definição de um perfil social que se previsse possível, num futuro de duas décadas. Neste contexto, foram desenvolvidos, em grupo, workshops: |marca, texto e espaço; Guiné-Bissau - Bafatá; temas II,III e perfil social. Individualmente foi desenvolvido um projeto que relaciona a proposta tipológica e habitacional com o excerto urbano que caracteriza a sua envolvente próxima, através do estabelecimento da relação entre a macro e a micro escala, para Lisboa, no eixo entre o Largo do Rato e a Colina das Amoreiras. Este consistiu na elaboração de projetos para 4 habitações, contextualizadas e operacionalizadas ainda como tipologias associadas ao universo social definido. Foi desenvolvida ainda, uma proposta de reflexão individual (tema IV), que resultou na criação de uma “Caixa/projeto”, simbolicamente representativa das experiências e vivências condicionadoras da forma como o estudante de arquitetura interpreta e explicita a realidade. Na vertente teórica, desenvolveu-se a reflexão em torno da arquitetura popular, enquanto campo dotado de autonomia própria, onde se consubstancia um vasto campo de investigação e de práticas, que tornam obsoleto o senso comum e os ensaios dispersos até então existentes. O conceito de arquitetura popular como objeto de estudo permite considerar o seu inerente valor patrimonial que há que preservar e continuar a analisar. Assim, foi abordada a problemática da arquitetura habitacional rural madeirense edificada, na sua dimensão contextual, particularmente, nas freguesias de Quinta Grande e de Jardim da Serra, do Concelho de Câmara de Lobos, e a sua relação com as gentes, os costumes, o trabalho de campo e a vida doméstica, trabalho centrado no estudo das habitações, de três gerações de uma mesma família, proposta radicada nos ideias neo-ruralistas.
This dissertation consists of two parts: one theoretical and one projective. In the first, the themes were developed around the concept of “New World”, anchored in assumptions conceptual image of A. Huxley (1932), which collects a framework capable of contextualizing a future in the medium term, given the paradoxical dynamic that opposes the assumptions of modern culture and the industrial organization perspective to the neo-rural caucus. Gathered into these grounds, were problematized factors as the influence of economic and political organization in the ways of life and the individual’s relationship with its community, the influence of technology on social organization, as well as how natural resources can influence the actions of territory, the location and organization of domestic space. The reflection of this issue and sizing aimed at defining a social profile that foresee possible, a future two decades. In this context, were developed, in group workshops: | mark, text and space; Guiné-Bissau - Bafatá; themes II, III, and social profile. Individually, a project was developed that relates the proposed typological beteween urban housing with the excerpt that characterizes his immediate surroundings, by establishing the relationship between macro and micro scale, to Lisbon, the axis between Largo do Rato and Hill of Amoreiras . This consisted of developing projects for 4 dwellings, contextualized and operationalized as yet associated with the social world typologies defined. It was developed yet, a proposal for individual reflection (theme IV), which resulted in the creation of a “Box / project”, symbolically representative of the experiences and life conditioners how the architecture student interprets and explains the reality. In the theoretical model, it was developed a reflection on folk architecture as a field endowed with its own autonomy, which embodies a vast field of research and practices that make obsolete common sense and essays scattered hitherto existing. The popular concept of architecture as an object of study considers its inherent asset value that must be preserved and continue to analyze. Thus, addressed the issue of rural housing of Madeira architecture built in its contextual dimension, particularly in the parishes of Quinta Grande and Jardim da Serra, in the municipality of Câmara de Lobos, and their relationship with the people, the customs, the work field and home life, work focused on the study of housing of three generations of the same family, proposal rooted in neo-ruralists assumptions.
URI: http://hdl.handle.net/10071/7944
Thesis identifier: 201084511
Designation: Mestrado Integrado em Arquitetura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Caderno Sérgio Sá .pdf89.27 MBAdobe PDFView/Open
4 habitaçoes 1_100 7.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open
4 habitaçoes 1_100 8.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open
4 habitaçoes 1_100 9.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open
4 habitações 1_300 1.pdf595.09 kBAdobe PDFView/Open
4 habitações 1_300 2.pdf439.17 kBAdobe PDFView/Open
4 habitações 300 4.pdf353.44 kBAdobe PDFView/Open
4 habitações 300 5.pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open
4 habitações 300 6.pdf4.66 MBAdobe PDFView/Open
4 habitações 1300 3.pdf291.78 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.