Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7886
acessibilidade
Title: O retorno à economia doméstica: a importância da produção doméstica na subsistência de agregados familiares com baixos rendimentos
Authors: Almeida, Inês Mendes de
Orientador: Ferreiro, Maria Fátima
Keywords: Economia doméstica
Economia solidária
Família
Pobre
Home economics
Solidary economics
Family
Poverty
Issue Date: 2012
Citation: ALMEIDA, Inês Mendes de - O retorno à economia doméstica: a importância da produção doméstica na subsistência de agregados familiares com baixos rendimentos [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7886>.
Abstract: Com este trabalho procuramos reflectir em torno do papel da Economia Doméstica e da sua importância para agregados domésticos que auferem baixos rendimentos. Para além deste propósito vamos ainda averiguar de que forma a Economia doméstica é inscrita na Economia Solidária. Não assumimos que o retorno à Economia Doméstica seja um retorno a o passado, mas consideraramos que a economia real, tal como defende Laville, é plur al e não se limita a uma só dimensão. A Economia Doméstica pode entender-se como processo de produção domésti ca consiste na compra e transformação de bens intermédios (mercearias, ele ctrodomésticos) em bens de consumo final (refeições, roupa engomada) através da utilizaçã o do trabalho do agregado doméstico (tempo usado nas compras, cozinhar, limpar, engomar) e do s eu capital próprio (cozinha equipada, espaço de refeição) (Ironmonger, 2001: 3). Recorrendo aos dados estatísticos nacionais verificamos que os rendim entos não monetários representam uma percentagem significativa dos rendimentos totai s dos agregados e que constituem um elemento importante na atenuação do fenómeno da pobrez a e da redução da desigualdade.
With this work we intended to reflect on the role of Home Economics and its importance for domestic aggregates with low incomes. We also intended to inquire on the way Home Economics is enrolled in t he Solidary Economics. We do not assume that the return to Home Economics is a return to t he past, but we consider that the real economy, as argued by Laville, is plural and is not limited to one dimension. The Home Economics can be understood as process of domestic producti on, which consists on the purchase and transformation of intermediate goods (grocerie s, electronic appliances) into final consumption commodities (meals, clean clothes) through the use of the domestic aggregate own labor (time spend in the shopping , cooking, cleani ng) and of its own capital (equipped kitchen, meal space) (Ironmonger, 2001: 3). Trough the analysis of the national statistical data we verif y that the non monetary income represents a significant proportion of the aggregates total incom es and that it constitutes an important element in the reduction of the poverty phenomenon and in inequality reduct ion.
Description: Mestrado em Economia Social e Solidária
URI: http://hdl.handle.net/10071/7886
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
versao_final_MESS.pdf486.87 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.