Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7885
acessibilidade
Title: Exportações portuguesas de serviços: caracterização, evolução e estudo empírico
Authors: Tomaz, Natacha Alexandra Santos de Oliveira
Orientador: Leão, João
Keywords: Comércio internacional
Exportações
Serviços
Dados de painel
International trade
Exports
Services
Panel data
Issue Date: 2012
Citation: TOMAZ, Natacha Alexandra Santos de Oliveira - Exportações portuguesas de serviços: caracterização, evolução e estudo empírico [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7885>.
Abstract: Os serviços são, intrinsecamente, menos transaccionáveis do que os bens pelo que quando se fala na importância das exportações para a economia portuguesa dá-se habitualmente maior relevo aos bens em detrimento dos serviços. No entanto, o peso do sector de serviços nas exportações tem vindo a aumentar consideravelmente e a relevância das exportações de serviços para o crescimento da economia portuguesa é cada vez mais significativa. Em geral, os serviços são intangíveis o que significa que a sua produção e consumo ocorrem simultaneamente, originando um contacto entre o produtor e o consumidor, pelo que é frequente que um dos dois se desloque para que a exportação se realize. O presente estudo tem dois objectivos, sendo o primeiro a caracterização do sector exportador de serviços português por tipos de serviços e por mercados de destino e o segundo identificar factores que possam ter contribuído para o crescimento das exportações portuguesas de serviços que se tem vindo a registar nos últimos anos. O estudo empírico é realizado com base num modelo econométrico de dados de painel. De uma forma geral, os resultados obtidos indicam que as exportações de bens, o investimento directo português no estrangeiro, a língua portuguesa e língua inglesa e ainda o país ser membro da UE influenciam positivamente o crescimento das exportações portuguesas de serviços, enquanto o efeito da distância geográfica é de sentido inverso.
Services are intrinsically less tradable than goods so when the importance of exports for the Portuguese economy is mentioned usually emphasis is given on goods rather than services. However, the weight of the services sector in exports has increased considerably and the relevance of services exports for the growth of Portuguese economy is increasingly significant. Generally services are intangible and therefore its production and consumption occur simultaneously requiring a contact between the producer and the consumer which means that one of the two has to move for the export to take place. The present study has two objectives, the first being the characterization of Portuguese services exports considering types of services and destination markets and the second to identify factors that may have contributed to the growth that these exports have shown in recent years. The empirical study is based on an econometric panel data model. In general, the results indicate that exports of goods, the Portuguese direct investment abroad, Portuguese and English and also the EU membership positively influence the growth of Portuguese exports of services, while geographic distance has a negative effect.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira/ Classificação JEL: F14 L8 N7
URI: http://hdl.handle.net/10071/7885
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Exportações Portuguesas de Serviços - Caracterização, Evolução e Estudo Empírico.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.