Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10071/7848
Author(s): Saleiro, Sandra Palma
Advisor: Almeida, Miguel Vale de
Date: 2013
Title: Trans géneros: uma abordagem sociológica da diversidade de género
Reference: SALEIRO, Sandra Palma - Trans géneros: uma abordagem sociológica da diversidade de género [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7848>.
ISBN: 978-989-732-414-7
Keywords: Género
Identidade de género
Diversidade de género
Transgénero
Transexualidade
Gender
Gender identity
Gender diversity
Transgender
Transsexuality
Abstract: Esta tese organiza-se em torno da resposta a dois grandes “vazios” identificados no contexto nacional: um “vazio social”, relativo à escassez de informação sobre transexualidade e transgénero; e um “vazio sociológico”, da desatenção da disciplina a estes fenómenos, cuja cobertura a pesquisa que sustenta este trabalho inaugurou. Os objectivos passaram por compreender e interpretar sociologicamente o sentimento de descoincidência entre sexo e género apresentado por alguns indivíduos, “resgatando-os” para a esfera do social; e colmatar a escassez de informação acerca do fenómeno e das pessoas com expressões de género fora da cissexualidade. Delineou-se uma estratégia metodológica múltipla, que envolveu análises documentais; entrevistas a representantes de estruturas LGBT; inquéritos por questionário e entrevistas em profundidade a pessoas trans; e incursões etnográficas em espaços por elas frequentados. Produziu-se uma análise contextual, reconstruindo o panorama da transexualidade e transgénero em Portugal nos planos político-jurídico, médico e associativo. A componente central passou por identificar a diversidade de modos de (trans)género fora do tradicional sistema dicotómico. Primeiro, mapeou-se o conjunto das auto-identificações de género dentro da população auscultada, que revelou as categorias de trans-género que vigoram nos espaços trans (emic). Partindo dessas auto-identificações e dos sentidos que lhes são investidos, definiu-se um conjunto de dimensões centrais para a caracterização dos diferentes modos de identificação e expressão de género, que resultou na constituição de uma tipologia de categorias de trans-género (etic). Finalmente, explorou-se cada um desses diferentes modos – transexualidade, cross-dressing, travesti, drag, androginia e outros – evidenciando tanto aquilo que os define, quanto a sua diversidade interna.
This thesis aims to provide a response to two major "voids" identified in the national context: a "social void", related to the lack of information about transsexualism and transgender; and a "sociological void", corresponding to the inattention of the discipline to these phenomena, whose coverage this work inaugurated. The objectives were to understand and interpret, in a sociological perspective, the feeling of incongruence between sex and gender presented by some individuals, “rescuing” them to the social sphere; and to fill the lack of information about the phenomenon and about people with gender expressions outside the cissexuality. We used a mixed methods approach, involving document analysis; interviews with members of LGBT structures; a survey and in-depth interviews with trans people; and ethnographic incursions in trans places. We produced a contextual analysis about transsexuality and transgender in Portugal, in the legal-political, medical and associative movement domains. The core component consisted on the identification of the diversity of modes of (trans)gender outside the traditional dichotomous gender system. First, we mapped all of the gender self-identifications within the population approached, which revealed the trans-gender categories inhabiting trans spaces (emic). Then, based on those self-identifications and the meanings attached to them, we outlined a set of dimensions aimed to characterize the different modes of identification and gender expressions, which resulted in a typology of trans-gender categories (etic). Finally, we explored each one of these different modes – transsexuality, cross-dressing, travesti, drag, androgyny and others – highlighting both what defines them and their internal diversity.
Degree: Doutoramento em Sociologia
Access type: Open Access
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese Trans SandraSaleiro.pdf3,69 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.