Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7680
acessibilidade
Title: “Diz-me com quem andas, dir-te-ei quanto bebes!”: o papel das normas sociais e da identificação grupal no consumo de álcool em estudantes universitários
Authors: Pereira, Sabina Isabel Estêvão
Orientador: Lima, Maria Luísa Soares Almeida Pedroso de
Keywords: Consumo de álcool
Normas sociais
Identificação grupal
Estudantes universitários
Alcohol use
Social norms
Group identification
College students
Issue Date: 2013
Citation: PEREIRA, Sabina Isabel Estêvão - “Diz-me com quem andas, dir-te-ei quanto bebes!”: o papel das normas sociais e da identificação grupal no consumo de álcool em estudantes universitários[Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7680>.
Abstract: O abuso de álcool está relacionado com várias consequências negativas para o indivíduo, os outros e a sociedade em geral. Atualmente, uma das tendências mais preocupantes é o aumento do consumo de álcool entre os jovens e, particularmente, entre os estudantes universitários. A investigação tem procurado compreender os determinados do consumo de álcool entre os estudantes universitários de modo a preveni-lo e combatê-lo. Os resultados obtidos apontam para que as normas sociais (descritivas e prescritivas) sejam um dos maiores preditores do consumo entre os estudantes universitários. Adicionalmente, uma nova linha de pesquisa tem demonstrado que o impacto das normas sociais no consumo é moderado pela identificação com o grupo de referência. Neste sentido, espera-se que as normas sociais percebidas tenham impacto no consumo, na medida em que quanto mais os participantes perceberem que os outros consomem e aprovam o consumo, mais eles consumirão também. Porém, espera-se também que a identificação com o grupo de referência modere a relação entre as normas percebidas e o consumo, na medida em que o impacto das normas neste será tão mais forte quanto mais os participantes se identificarem com o grupo. Além disso, espera-se que a avaliação que os participantes fazem de um determinado personagem varie consoante o padrão de consumo desse personagem (baixo vs. elevado). Por fim, espera-se que o consumo e as normas descritivas percebidas diminuam ao longo do tempo. Foi realizado um estudo longitudinal com 287 participantes no tempo 1, divididos pelas Condições Personagem com Padrão de Consumo Baixo vs. Personagem com Padrão de Consumo Elevado; e 124 participantes no tempo 2. Não foram encontrados quaisquer decréscimos no consumo nem nas normas descritivas entre os 2 tempos de avaliação. Encontraram-se diferenças significativas entre os dias de semana e o fim-de-semana no que respeita ao consumo e às normas. Os resultados demonstram em geral um maior poder preditivo das normas descritivas do que das prescritivas no consumo. Foi também demonstrado que a identificação com o grupo de referência modera a relação entre as normas e o consumo. Contudo, os resultados dependem do grupo de referência considerado. Adicionalmente, os participantes avaliam ambos os personagens de forma positiva, mas o personagem com padrão de consumo baixo é avaliado de forma significativamente mais positiva que o outro. Os resultados são discutidos de acordo com o enquadramento teórico, bem como as limitações, os caminhos para a pesquisa futura e as implicações práticas.
Alcohol abuse is associated with several negative consequences for the individual, the others and society in general. Currently, one of the most disturbing trends is the increase in alcohol use among young people, and particularly among college students. Research has sought to find out the determinants of alcohol use among college students, in order to prevent and fight it. Results suggest that social norms (descriptive and injunctive) are one of the major predictors of alcohol use among college students. Additionally, a new line of research has shown that the impact of social norms on alcohol use is moderated by identification with the reference group. It is expected that perceived social norms have an impact on alcohol use, since the more participants perceive that others consume and approve alcohol use, the more they consume too. However, it is also expected identification with the reference group to moderate the relationship between perceived norms and alcohol use, since the impact of norms will be stronger for the participants who identify more with the group. Furthermore, it is expected that the evaluation participants make of a certain character varies depending on the pattern of consumption adopted by that character (low vs. high alcohol use). Finally, it is expected that alcohol use and perceived descriptive norms decrease over time. We conducted a longitudinal study with 287 participants at time 1, distributed by the Conditions: Character with a low pattern of alcohol consumption vs. Character with a high pattern of alcohol consumption ; and 124 participants at time 2. We did not find any decrease in consumption, nor in the perceived descriptive norms. There were significant differences between week days and weekend with respect to consumption and perceived social norms. The results demonstrate the existence of differences in the impacts that different types of norms (descriptive and injunctive) have in alcohol use. It was also shown that identification with the reference group moderates the relationship between perceived social norms and alcohol use. However, the results depend on the reference group that is considered . Additionally, participants evaluate both characters in a positive way, but the character with the norms of low alcohol use is rated as significantly more positive than the other. The results are discussed according to the theoretical framework as well as the limitations, future research and practical implications.
Description: Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia Social da Saúde /Códigos de Classificação American Psychological Association : 2990 Uso de Álcool e Drogas (Legal); 3020 Processos Interpessoais e de Grupo; 3233 Abuso e Dependência de Substâncias.
URI: http://hdl.handle.net/10071/7680
Thesis identifier: 201063964
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Sabina Pereira_Dissertação.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.