Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7626
acessibilidade
Title: O empreendedorismo na união Europeia: da estratégia de Lisboa à economia do empreendedorismo
Authors: Varela, Nuno Miguel Silveiro
Orientador: Marques, Paulo Alexandre Oliveira de Sousa
Keywords: Empreendedorismo
Estratégia de Lisboa
Estratégia de Lisboa para o crescimento e emprego
Autoemprego
Entrepreneurship
Lisbon strategy
Lisbon strategy for growth and jobs
Self-employment
Issue Date: 2013
Citation: VARELA, Nuno Miguel Silveiro - O empreendedorismo na união Europeia: da estratégia de Lisboa à economia do empreendedorismo [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7626>.
Abstract: Numa sociedade em que o empreendedorismo é cada vez mais um assunto atual, discutido quer pela academia quer pelos principais atores políticos nacionais e internacionais, faltam estudos que expliquem a real evolução do mesmo. A Estratégia de Lisboa (EL) considerou o empreendedorismo como um dos principais motores para a inovação, o crescimento e o emprego. No entanto, estudos anteriores vieram distinguir as políticas de empreendedorismo das políticas ativas de mercado de trabalho, salientando que poderão ser facilmente confundidas. Outros estudos vieram distinguir entre políticas de empreendedorismo e políticas para uma economia do empreendedorismo, sendo que a segunda implica importantes mudanças nas políticas e instituições. O principal objetivo do nosso trabalho é o de averiguar se as políticas europeias tiveram um real impacte no nível de empreendedorismo na UE, contribuindo para a economia do empreendedorismo, ou se apenas levaram a alterações no nível de autoemprego, e portanto aumentam os níveis de emprego, ativando aqueles que se encontravam em situações de desemprego. Através de um método econométrico de regressão linear múltipla, usando dados seccionais fornecidos pelo Eurostat, demonstramos que não houve efeito sobre o nível de empreendedorismo, ficando por responder se houve ou não efeito sobre o nível de autoemprego.
In a society in which entrepreneurship is becoming a mainstream matter every day, being discussed both by academics and the main national and international policy agents, research upon its real impact is still missing. The Lisbon Strategy considered entrepreneurship a crucial element to generate innovation, growth and jobs. Nevertheless, previous research has distinguished between entrepreneurship policies and active labour market policies, arguing that both could be hard to distinguish. Other studies distinguished between entrepreneurship policies and policies for the economy of entrepreneurship, given that the former implies important political and institutional changes. Our main objective is to assess if European policies have had a real effect on EU’s real level of entrepreneurship, contributing therefore to the economy of entrepreneurship, or if they were only focused on changes in terms of the level of self-employment, and therefore to increase the level of employment and to activate those who were unemployed. Through an econometric model of multiple linear regression, with cross-section data by Eurostat, we show that there was any effect on the level of entrepreneurship, remaining unexplained the impact on the level of self-employment.
Description: Mestrado em Políticas de Desenvolvimento dos Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10071/7626
Thesis identifier: 201060116
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf903.51 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.