Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/7287
acessibilidade
Title: Factores explicativos dos diferenciais das taxas de rendibilidade da dívida soberana dos países da área do euro face ao bund alemão
Authors: Ribeiro, Pedro Miguel Pires Cardoso
Orientador: Pereira, João Pedro
Curto, José Dias
Keywords: Spreads soberanos
Risco-país
Modelos de regressão
Modelo autoregressivo vectorial
Sovereign spreads
Regression models
Country-risk
Vector autoregressive models
Issue Date: 2010
Citation: RIBEIRO, Pedro Miguel Pires Cardoso, Nome - Factores explicativos dos diferenciais das taxas de rendibilidade da dívida soberana dos países da área do euro face ao bund alemão [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/7287>.
Abstract: De acordo com a teoria da paridade das taxas de juro, uma vez eliminado o risco cambial com o início da terceira fase da União Económica e Monetária em Janeiro de 1999, seria expectável uma convergência das taxas de rendibilidade da dívida soberana dos diferentes Estados-membros. Contudo, apesar da aproximação das taxas de juro, os investidores continuam sem considerar os títulos dos diferentes países como substitutos perfeitos, pelo que esta tese procura identificar os factores explicativos dos diferenciais das taxas de rendibilidade das obrigações soberanas a 10 anos de Espanha, França, Itália e Holanda face ao bund alemão em variações trimestrais desde 2000 até 2008. Assim, partindo de um conjunto de 16 variáveis originais correlaciondas, recorreu-se à metodologia da Análise Factorial, procurando obter um novo e menor conjunto de variáveis ortogonais – os factores – cuja extracção foi feita através da Análise de Componentes Principais. Uma vez extraídos os factores e aplicada a sua rotação pelo método Varimax, verificou-se que a interpretação dos mesmos confirma os fundamentos económicos e financeiros. Posteriormente, utilizaram-se as componentes retidas como variáveis exógenas em Modelos de Regressão Linear Múltipla, constatando-se que, genericamente, os spreads da dívida pública reflectem diferenças ao nível da percepção do risco de crédito dos emitentes, do risco de liquidez, do apetite pelo risco e outros factores de natureza mais global. Finalmente, utilizando testes de causalidade de Granger e o modelo autoregressivo vectorial, verificou-se que a relevância do efeito de contágio entre os spreads dos países da Área do Euro é limitada no tempo.
With the start of the third stage of European Monetary Union in January 1999, exchange rate risk has been eliminated. This way, according to the interest rate parity theory, one would expect the convergence of sovereign debt’s yields of different Member States. However, investors still consider that securities from different countries are not perfect substitutes, even though interest rates have converged. Taking this into account, this thesis aims to study the determinants of the yield premium investors demand to hold Spain, France, Italy and Netherlands 10-years bonds instead of benchmarks German bunds. Based on a set of 16 original correlated variables, and sampling quarterly values from 2000 to 2008, Factor Analysis methodology was used to find a new and smaller set of orthogonal variables – factors – that were extracted according to Principal Component Analysis. The factors were extracted and rotated according to the Varimax method, taking into account that these new factors’ interpretation is consistent with economic and financial fundamentals. Subsequently, the extracted components were used as exogenous variables in multiple linear regression models, noting that, generally, the yield spreads reflect differences in the perception of issues’ credit risk, liquidity risk, risk appetite and other global factors. Finally, using Granger causality tests and vector autoregressive models, it is concluded the relevance of contagion effect among the yield spreads of the Euro Zone countries is limited in time.
Description: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10071/7287
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese.pdf658.23 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.