Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6972
acessibilidade
Title: O uso da política de compensação e outros mecanismos de mitigação do conflito de agência: o caso Portugal ventures
Authors: Carneiro, Priscilla Maria do Espírito Santo
Orientador: Esperança, José Paulo Afonso
Keywords: Teoria da agência
Corporate governance
Compensação
Capital de risco
Agency theory
Corporate governance
Compensation
Venture capital
Issue Date: 2013
Citation: CARNEIRO, Priscilla Maria do Espírito Santo - O uso da política de compensação e outros mecanismos de mitigação do conflito de agência: o caso Portugal ventures [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6972>.
Abstract: Com o presente estudo procurou-se (i) analisar se e como a política de compensação é utilizada enquanto mecanismo de mitigação do conflito de agência potencialmente existente entre a Portugal Ventures (o quarto maior operador de capital de risco em Portugal) e os promotores das empresas em análise, (ii) bem como examinar se outros mecanismos (nomeadamente, a sindicância e o faseamento inicial dos investimentos, direitos de voto e veto, direitos de nomeação de representantes para o Conselho de Administração /Gerência, direitos especiais sobre dividendos, preferência na liquidação e obrigação de recompra) seriam também utilizados. Do exame aos dados obtidos, conclui-se fundamentalmente que: (i) O direito de veto constitui o mecanismo mais transversal e mais utilizado pela Portugal Ventures (e parceiros de sindicato), ao invés da preferência na liquidação e da consagração de direitos especiais sobre os dividendos. (ii) As participações mais recentes (i.e. com menos de seis anos) e embrionárias tendem a concentrar um maior número de casos com evidência do uso dos mecanismos de mitigação do conflito de agência. (iii) O uso da política de compensação mostra-se pouco relevante. Nos poucos casos em que a compensação do promotor vai mais além do que um salário/ fee fixo mensal, é dado ênfase ao bónus e à partilha de mais-valias no desinvestimento, sendo praticamente insignificante o uso de stock options.
The goal of this paper is (i) to assess if and how compensation is used as a mechanism to mitigate the agency conflict between Portugal Ventures (the fourth largest venture capital operator in Portugal) and entrepreneurs of the companies analyzed, and (ii) to examine whether other mechanisms (e.g., the syndication and the staging of the investment, voting and veto rights, the right to hold board seats, special rights over dividends, liquidation rights, redemption (put) rights) would also be used. Our main findings were: (i) Veto right is the more transversal and most used mechanism by Portugal Ventures (and syndicate partners), as opposed to liquidation rights and special rights over dividends. (ii) Recent (i.e. with less than six years old) and early stage financings tend to concentrate a larger number of cases with evidence of the use of mechanisms to mitigate the agency conflict. (iii) The use of the compensation policy seems irrelevant. In the few cases where the compensation of the entrepreneur goes further than a salary / fixed monthly fee, emphasis is given to the bonus plans and the ratchet, being practically insignificant the use of stock options.
Description: Dissertação de Mestrado em Finanças / Classificação JEL: G24, G30
URI: http://hdl.handle.net/10071/6972
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_Priscilla Carneiro.pdf832.81 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.