Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6723
acessibilidade
Title: As representações sociais das perturbações do comportamento alimentar
Authors: Silva, Ana Luísa Junça da
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Perturbações do comportamento alimentar
Anorexia nervosa
Bulimia nervosa
Representações sociais
Eating disorders
Social representations
Issue Date: 2009
Citation: SILVA, Ana Luísa Junça da - As representações sociais das perturbações do comportamento alimentar [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2009. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6723>.
Abstract: As Perturbações do Comportamento Alimentar (PCA), das quais se destacam a Anorexia e a Bulimia Nervosa, são perturbações psicológicas caracterizadas pelo medo intenso de engordar, insatisfação corporal e pela percepção corporal distorcida. Para a sua génese e manutenção concorrem factores biológicos, psicológicos e psicossociais. O presente estudo teve como objectivo central explorar as representações sociais das PCA entre leigos. Ademais, como objectivo específico, pretendeu-se também verificar a existência de diferenças nas representações encontradas entre sexos e entre os contextos da recolha de dados. Foram realizados dois estudos, de natureza qualitativa e quantitativa. No primeiro realizaram-se grupos de discussão focalizada para identificar características associadas a pessoas com PCA. A partir da análise de conteúdo, que identificou características físicas, psicológicas e comportamentos alimentares típicos, bem como factores etiológicos, elaborou-se um questionário para o Estudo II. Este foi realizado em contexto universitário (n=71) e laboral (n=43), com um total de 114 participantes. Os resultados mostraram que as características mais frequentemente associadas às perturbações do comportamento alimentar foram ser jovem, do sexo feminino, magra, com aspecto frágil, com comportamento alimentar descontrolado e dietas rígidas, baixa auto-estima, elevados níveis de ansiedade e depressão, sem autocontrolo, carente, sensível, introvertida e perfeccionista. Não foram encontradas diferenças significativas entre os sexos, com a excepção do facto das mulheres tenderem a atribuir mais características positivas e neutras do que os homens. Foram ainda encontradas 3 dimensões de factores etiológicos – individuais, socioculturais e psicopatológicas. Finalmente, foram encontrados 3 perfis das representações sociais através de Análise de Correspondências Múltiplas.
Eating Disorders, such as Anorexia and Bulimia Nervosa, are psychological disorders characterized by the fear of becoming fat and cognitive distortions about one’s body. There are biological, psychological and psycho social conditions which contribute to their etiology. Our aim in this study was to explore the social representations of eating disorders among lay people. We also intend to analyze the possible differences in social representations between genders and contexts. Two studys were developed - a qualitative and quantitative one. In the first one, we conducted focus groups in order to identify characteristics related to eating disorders. Through content analysis, we identified physical characteristics, psychological characteristics and eating behaviors, as well as etiologic conditions. We were, then, able to develop a questionnaire for the second study. This study took place in the Academic (n=71) and Professional Contexts (n=43), with 114 participants overall. Results showed that being young, female, thin, with a fragil appearance, with disordered eating behavior, diet self-restriction, low selfesteem, high levels of anxiety and depression, without self-control, sensitive, shy, perfectionist and needy, were all related to Eating Disorders. There were not significant differences between genders, with the exception of the fact that women tended to relate more positive and neutral characteristics than men. We found 3 dimensions of etiologic factors – individual, socio cultural and psychopathological. Finally, we found 3 profiles of social representations through Multiple Correspondence Analysis.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10071/6723
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE_FINAL.pdf995.75 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.