Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6719
acessibilidade
Title: Asset allocation and portfolio performance in pension plans
Authors: Santos, Andreia Pinto
Orientador: Ramos, Sofia
Keywords: Alocação de ativos
Desempenho de carteiras
Atribuição de performance
Fundos de pensões
Asset allocation
Portfolio performance
Attribution
Pension plans
Issue Date: 2013
Citation: SANTOS, Andreia Pinto - Asset allocation and portfolio performance in pension plans [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6719>.
Abstract: A escolha de ativos tem sido apontada como determinante na performance de carteiras. No entanto, existe muita polémica no que diz respeito à relação entre a alocação de ativos e o desempenho de carteiras. O objetivo deste estudo é identificar quais dos diferentes aspetos do processo de gestão de investimentos contribui mais para a rentabilidade total de planos de pensões ao longo do tempo, classificando por ordem de importância as decisões de investimento feitas pelos patrocinadores dos planos e medindo o impacto geral de cada uma destas decisões na rentabilidade dos planos. Para além da análise ao longo do tempo, investigo também se os resultados se mantêm iguais se for analisada a variação na rentabilidade entre os vários planos. A amostra é constituída pelos ativos de 30 planos de pensões do Reino Unido, dispersos pelas várias classes – ações, alternativos, obrigações e liquidez, ao longo do período de 10 anos de dezembro de 2002 a dezembro de 2012. Os dados utilizados neste estudo sugerem que, enquanto a escolha de ativos é bastante importante na determinação da variação da rentabilidade dos planos de pensões ao longo do tempo, a gestão ativa (sob a forma de seleção de títulos) desempenha um papel vital na explicação da variação na rentabilidade entre planos.
The asset allocation decision has been widely recognised as key in determining portfolio performance. The relationship between asset allocation and portfolio performance has, however, been subject to misinterpretation. The purpose of this study is to identify which of the different aspects of the investment management process contribute the most for the total return of pension plans over time, ranking in order of importance the investment decisions made by the plan sponsors and measuring the overall impact of each of these decisions to the actual plan’s performance. Besides the time-series analysis, I also investigate if the results remain unchanged when the cross-sectional variation in performance is analysed. The sample data is from the holdings of 30 pension plans based in the U.K., spread across the main asset class groups – equity, alternatives, bonds and cash, over the 10-year period from December 2002 to December 2012. The data used in this study suggests that, while the asset allocation policy is very important in determining the variation of plan returns over time, active management (in the form of security selection) plays the leading role in explaining the variation of performance returns among plans, i.e. the cross-sectional variation.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6719
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Andreia Santos_Msc. Finance_Asset Allocation and Portfolio Performance.pdf1.93 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.