Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6565
acessibilidade
Title: Inovação social e desenvolvimento programa de saúde materno infantil da igreja católica em Angola: diagnóstico nas províncias – Benguela, Bié, Huambo, Luanda e Moxico
Authors: Frazão, Nuno Reis e Almeida
Orientador: Amaro, Rogério Roque
Silva, Maria Susana Réfega de Figueiredo e
Keywords: Saúde
Saúde materno-infantil
Diagnóstico
Angola
Desenvolvimento
Inovação social
Software de georeferenciação
Sistemas de informação geográfica
Igreja católica
Ministério da saúde de Angola
Health
Maternal and child health
Diagnose
Development
Social innovation
Geographic information system
Catholic church
Angolan ministry of health
Issue Date: 2011
Citation: FRAZÃO, Nuno Reis e Almeida - Inovação social e desenvolvimento programa de saúde materno infantil da igreja católica em Angola: diagnóstico nas províncias – Benguela, Bié, Huambo, Luanda e Moxico [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6565>.
Abstract: A saúde é um dos factores determinantes da pobreza, sendo a doença uma das principais causas da diminuição da produtividade e do rendimento disponível nos agregados familiares. Num país onde mais de metade da população são crianças, Angola ocupa um dos primeiros lugares do mundo na taxa de mortalidade infantil abaixo dos cinco anos (194 mortos por cada 1000 nascimentos). Ao longo dos séculos, a Igreja Católica em Angola (ICA) tem tido um papel central no sector da saúde, com uma rede de serviços que inclui hospitais, centros de saúde, postos de saúde, laboratórios, farmácias e que se encontra espalhada por todas as províncias do país. Esta rede é particularmente vital para as populações mais vulneráveis, tanto nas zonas urbanas como em zonas periféricas e rurais. Consciente do papel e das capacidades da inovação social em contexto de desenvolvimento, a Conferência Episcopal Angolana (CEAST) realizou, em colaboração com a Fundação Fé e Cooperação (FEC), um Diagnóstico para o Programa de Saúde Materno-Infantil da ICA (PSMI-ICA). O diagnóstico incidiu sobre as Dioceses de Benguela, Bié, Huambo, Luanda e Moxico, onde foi utilizado um software de georeferenciação para gestão do programa e para negociação junto do Ministério da Saúde de Angola (MINSA) e de financiadores institucionais. A análise dos resultados do diagnóstico evidencia os pontos fortes e fracos, assim como as potencialidades e fragilidades da PSMI-ICA – com uma breve comparação com o MINSA –, tendo permitido a elaboração de recomendações específicas e próximos passos para os diferentes stakeholders envolvidos no PSMI-ICA.
Health is one of the determinants of poverty and diseases are a major cause for the reduction of household’s production and income. In a country where more than half of the population are children, Angola ranks one of the first places in child mortality rate, under 5 years (194 deaths per 1000 births). The Catholic Church in Angola (ICA, acronym in Portuguese) has had over the centuries a central role in the health sector, which include hospitals, health centers, clinics, laboratories, pharmacies spread throughout the provinces. This network is particularly vital for the most vulnerable populations, both in urban as in rural and remote areas. Aware of the role and capabilities of the social innovation in development context, the Angolan Bishop’s Conference (CEAST, acronym in Portuguese) in cooperation with FEC carry out a Diagnosis and Strategic Study Materna Health Care of ICA. The diagnosis was performed in the Dioceses of Benguela, Bié, Huambo, Luanda and Moxico using a geographic software as a tool, for Programme management, but also as a tool for advocacy and negotiation with the Ministry of Health of Angola (MINSA, acronym in Portuguese) and other institutional doners. The diagnosis results analysis highlights the strengths and weaknesses of the ICA health units, with a brief comparison with MINSA, enabled the development of specific recommendations and next steps for the different stakeholders involved in the Integrated Programme for Maternal and Child Health.
Description: Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais
URI: http://hdl.handle.net/10071/6565
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Rel Projecto_nf_iscte_vf.pdf3.35 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.