Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6479
acessibilidade
Title: Condicionantes do multiplicador: revisão da literatura e aplicação prática
Authors: Rodrigues, Rui Manuel Lopes
Orientador: Martins, Luís Filipe Farias de Sousa
Coimbra, Carlos Manuel Matias
Keywords: Multiplicador fiscal
Consumo público
Política fiscal
Modelação VAR
Issue Date: 2013
Citation: RODRIGUES, Rui Manuel Lopes - Condicionantes do multiplicador: revisão da literatura e aplicação prática [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6479>.
Abstract: Assistiu-se, nos últimos anos à defesa implícita, através da implementação de políticas orçamentais expansionistas, de um multiplicador do consumo público no PIB superior a um. No entanto passado muito pouco tempo estas políticas foram questionadas devido a receios em torno da sustentabilidade da dívida pública, com a mensagem implícita que os multiplicadores de uma consolidação fiscal seriam inferiores a um, podendo até serem negativos. Ou seja, uma consolidação fiscal poder-se-ia traduzir numa expansão do PIB. Esta tese revê a literatura teórica e empírica sobre a eficácia que a política orçamental tem em influenciar a evolução do PIB. O foco principal incide sobre a dimensão do multiplicador do consumo público no PIB. Em particular, sobre quais as características que determinam a dimensão do multiplicador. O trabalho inclui também um estudo empírico sobre a dimensão e heterogeneidade do multiplicador em várias economias da União Europeia, entre os quais Portugal. Na aplicação prática foram usados dados trimestrais do consumo público e do pib para o período compreendido entre o primeiro trimestre de 1995 e o quarto trimestre de 2011, aos quais foi aplicado uma análise VAR (Vector Auto-Regression).
We have witnessed in recent years to the implicit defenseof a public spending multiplier bigger than one, through the implementation of expansionist fiscal policies. Yet almost after their implementation, these policies were questioned due to concerns about the sustainability of public debt. This time the implicit message spread together with the defense of fiscal consolidations was that its multipliers could be less than one, or that they could even be negative. Therefore a fiscal consolidation would produce an expansion of GDP.This thesis reviews the theoretic and empirical literature about the ability of the fiscal policy to influence the GDP evolution. The main focus is on the dimension of the public spending multiplier. In particular, about which are the characteristics of the economy that influence the size of the multiplier. This paper also includes a case study about the size and heterogeneity of the multiplier on several economies of the European Union, included Portugal. The case study used a VAR analysis (Vector Auto-Regression) applied to quarterly data of public spending and GDP for the period between the first quarter of 1995 and the last quarter of 2011.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6479
Thesis identifier: 201021749
Designation: Mestrado em Economia Portuguesa e Integração Internacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
tese.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.