Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6368
acessibilidade
Title: Relações amorosas no local de trabalho: eu e os outros
Authors: Barros, João
Orientador: Nunes, Francisco
Keywords: Romance no trabalho
Assédio sexual
Gestores de recursos humanos
Desempenho do trabalhador
Workplace romance
Workers performance
Sexual harassment
Mangers of human resources
Issue Date: 2012
Citation: BARROS, João - Relações amorosas no local de trabalho: eu e os outros [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6368>.
Abstract: As relações amorosas no trabalho é uma situação cada vez mais comum nos dias que correm. Estas podem ter vários tipos de interpretação, podendo ser vistas, tanto como benéficas ou prejudiciais para a empresa, pois o desempenho do trabalhador depende da forma como este lida com esta situação. Este estudo permitiu aprofundar a ideia de que as relações amorosas no trabalho podem resultar se as duas partes envolvidas souberem separar a parte emocional com a parte profissional. Deste modo, e de acordo com os resultados obtidos através do estudo empírico, podemos compreender que para uma boa gestão deste género de relações é necessária uma autorregulação por parte dos colaboradores envolvidos, para que a gestão dos momentos íntimos e de trabalho seja bem regulada para não prejudicar a organização, nem as pessoas que nela trabalham.
Love relationships at work happen more often now-a-days. These relationships have several interpretations, where they can be seen either as beneficial or negative for the company; by affecting the workers performance depending on the way he deals with the situation. This project allowed me to deepen the concept of love relationships in a work environment, resulting positively if the two parts manage to separate the emotional part from the professional part. Thereby, and accordingly with the results obtained from the empirical research, we can conclude that for a positive management of love relations, a self-regulation conduct is needed from both parts. Therefore, the management of personal time and work time has to be consistent not to affect the organization or the people in it.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6368
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
tese_ mestrado (João Barros) docx.pdf592.42 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.