Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6367
acessibilidade
Title: Implicações organizacionais da coordenação relacional em ambientes multidisciplinares na área da saúde
Authors: Miranda Gutierrez, Gloria
Orientador: Nunes, Francisco Guilherme Serranito
Keywords: Coordenação relacional
Virtuosidade
Identificação organizacional
Foco no cliente
Desempenho percebido
Relational coordination
Virtuosity
Organizational identification
Client focus
Perceived performance
Issue Date: 2010
Citation: MIRANDA GUTIERREZ, Gloria - Implicações organizacionais da coordenação relacional em ambientes multidisciplinares na área da saúde [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6367>.
Abstract: As organizações de Saúde pelas suas características e pelas consequências gravosas dos seus erros têm que ser geridas seguindo uma estratégia, como qualquer outra organização. Os serviços prestados nesta área baseiam-se na intervenção de profissionais procedentes de diversas áreas de conhecimento que trabalham em equipa para conseguir atingir os objectivos definidos. A actividade destas equipas tem que ser coordenada para conseguirmos que a prestação dos serviços seja percepcionada de forma positiva pelos seus clientes. Neste contexto, o modelo da coordenação relacional, desenvolvido por Gittell (2000), tem demonstrado ser útil na coordenação de equipas multidisciplinares, enfatizando a dinâmica relacional e reforçando os aspectos comunicacionais no seio destas equipas. Estes estudos foram desenvolvidos por Gittell (2000) na área da saúde e em companhias aéreas americanas. A referida autora comprovou, através de indicadores objectivos, a relação directa entre as práticas de recursos humanos e a adopção dos princípios da coordenação relacional. Com este estudo, pretendemos adicionar conhecimento que contribua para o estudo da coordenação relacional de equipas multidisciplinares desde a vertente macro. Isto é, pretendemos avaliar até que ponto as características organizacionais, tomadas neste estudo como variáveis antecedentes, condicionam a adopção dos princípios da coordenação relacional para alcançar os objectivos, não só ao nível das equipas, como também ao nível do desempenho organizacional percebido pelos seus colaboradores. A coordenação relacional é considerada como moderadora entre as características organizacionais (a virtuosidade, a identificação organizacional, a identificação com a profissão e os comportamentos de foco no cliente) e o desempenho organizacional percebido, entendido como variável consequente.
Health organizations, as any other organization, due to their characteristics and the serious consequences of their errors, must be managed according to a strategy. The services provided in this area are based on the intervention of professionals from diverse areas of knowledge who work together as a team to achieve the defined objectives. These teams‟ activities must be coordinated in order to ensure that the services provided are perceived in a positive manner by their clients. Within this context, the model for relational coordination, developed by Gittell (2000) has proven to be useful in the coordination of multidisciplinary teams, emphasizing relational dynamics and strengthening the communicational aspects in the heart of these teams. These studies were developed by Gittell (2000) in the health area and in American air transportation companies. The author mentioned above, proved, through objective indicators, the direct relation between human resource practices and the adoption of relational coordination principals. With this study, we intend to add knowledge which will contribute to the study of relational coordination of multidisciplinary teams from the macro perspective. We intend to establish at what point the organizational characteristics, taken in this study as pre-existing conditions, affect the adoption of the principles of relational coordination to achieve objectives, not only at the team level, but also at the level of organizational performance perceived by its collaborators. Relational coordination is considered as the moderator between the organizational characteristics (virtuosity, organizational identification, identification with the profession and client focus behaviour) and the perceived organizational performance, is considered as a consequent variable.
Description: Projecto / JEL Classification: L22, J24
URI: http://hdl.handle.net/10071/6367
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_CR_vf_revista.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.