Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6332
acessibilidade
Title: Construção e validação da escala de suporte informal para a autonomia e dependência na dor
Authors: Domingues, Mariana Sofia Santos
Orientador: Bernardes, Sónia
Keywords: Suporte social percebido
Dor
Autonomia
Perceived social support
Pain
Autonomy
Issue Date: 2012
Citation: DOMINGUES, Mariana Sofia Santos - Construção e validação da escala de suporte informal para a autonomia e dependência na dor [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6332>.
Abstract: Embora o facto de um indivíduo com dor crónica perceber o envolvimento familiar como promotor da sua autonomia seja referido na literatura como benéfico para a funcionalidade física do mesmo, não existem instrumentos que avaliem a promoção de autonomia/dependência enquanto funções do suporte social informal percebido, em contexto de dor. O objetivo deste trabalho é a construção e validação da Escala de Suporte Informal para a Autonomia e Dependência na Dor (ESIAD_DOR), que visa a avaliação das perceções de suporte familiar com vista à promoção de autonomia e dependência na dor. Neste estudo participaram 275 adultos (64,7% mulheres), com idades entre 18 e 89 anos (M = 39,49; DP = 16,169). Para além da ESIAD_DOR, foram aplicados outros instrumentos (Inventário Resumido da Dor (Azevedo et al., 2007), The Vanderbilt Pain Management Inventory (Brown & Nicassio, 1987), Escala de Suporte Social da Medical Outcomes Study (Fachado et al., 2007)) e algumas questões sobre a experiência de dor dos participantes. Constituída por duas subescalas, a) perceções de frequência de suporte social recebido e b) perceções de frequência ideal de suporte social, a ESIAD_DOR revelou, para cada uma, uma estrutura fatorial de quatro dimensões teóricas (perceções de suporte instrumental promotor de autonomia; perceções de suporte instrumental promotor de dependência; perceções suporte emocional/estima promotor de autonomia; perceções suporte emocional/estima promotor de dependência), com valores de fidelidade interna e sensibilidade adequados, evidenciando também qualidade nas suas validades de conteúdo, critério e de construto convergente/divergente. A ESIAD_DOR pode ser considerada um instrumento com boas propriedades psicométricas, que permite a avaliação das perceções de suporte familiar e satisfação com o mesmo, assumindo a promoção de autonomia/dependência como funções fundamentais na convivência com a dor.
In the literature, is established that when an individual with chronic pain perceives family involvement as autonomy promoter, it is beneficial to his/her physical functionality. However, there is no available instruments that identify the autonomy/dependence promotion as a function of perceived informal social support, in a pain context. The main goal of this work is the construction and validation of a measure of perceived Informal Social Support for Autonomy and Dependence in Pain (ISSADI_PAIN), which aims at assessing perceptions of family support for the promotion of autonomy and dependence in pain. This study involved 275 adults (64.7% women), aged between 18 and 89 years (M = 39.49, SD = 16.169). Apart from ISSADI_PAIN, other instruments were applied as the Inventário Resumido da Dor (Azevedo et al., 2007), The Vanderbilt Pain Management Inventory (Brown & Nicassio, 1987), the Escala de Suporte Social of Medical Outcomes Study(Fachado et al ., 2007), and still some questions about the participants' experience of pain. Consisting of two subscales, a) frequency perceptions of social support received and b) ideal frequency perceptions of social support, the ISSADI_PAIN revealed, for each, a factorial structure characterized by four theoretical dimensions (perceptions of instrumental support autonomy promoter; perceptions of instrumental support dependency promoter; perceptions of emotional/esteem support autonomy promoter; perceptions of emotional/esteem support dependency promoter) with suitable values of confidence and reliability, and showed quality in its content, criterion and convergent/divergent construct validities. The ISSADI_PAIN can be considered an instrument with good psychometric properties, which allows the assessment of family support perceptions and satisfaction with it, assuming autonomy and dependency promotion as perceptions' fundamental functions in living with pain.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6332
Designation: Mestrado em Psicologia Social da Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.