Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6322
acessibilidade
Title: Validação da versão portuguesa do questionário Utrecht Work Engagement no trabalho dos profissionais dos cuidados de saúde primários
Authors: Martins, Jaime Nelson Correia
Orientador: Biscaia, André
Keywords: Engagement no trabalho
Satisfação no trabalho
Questionário de “Engagement no trabalho UWES”
Validade de construto
Work engagement
Job satisfaction
UWES Work Engagement Scale
Construct validity
Issue Date: 2013
Citation: MARTINS, Jaime Nelson Correia - Validação da versão portuguesa do questionário Utrecht Work Engagement no trabalho dos profissionais dos cuidados de saúde primários [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2013. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6322>.
Abstract: O “Engagement” no trabalho é definido como um estado positivo da mente, realizador, relacionado com o trabalho e caracterizado pelo vigor, dedicação e absorção. O “engagement” no trabalho apresenta relevância para a psicologia positiva, reconhecendo-se como construto do bem-estar e satisfação no trabalho, sendo útil ter instrumentos válidos para o medir. Este trabalho sublinha a importância de conhecer o nível de “Engagement” no trabalho dos profissionais de saúde, através da validação das versões portuguesas do questionário Utrecht Work Engagement (UWES 17 e 9), de Schaufeli e Bakker. Realizou-se um estudo transversal, observacional e analítico no Agrupamento de Centros de Saúde de Cascais com 280 respondentes que comprovou a validação dos questionários nos profissionais dos cuidados de saúde primários. Quanto à fiabilidade dos questionários UWES-17 e UWES-9, confirmou-se a sua consistência interna. A validade fatorial não foi verificada, mas ficou demonstrada, pela análise fatorial confirmatória, a vantagem da opção pela estrutura com três fatores. Na validade convergente, verificou-se correlação entre os três fatores (vigor, absorção e dedicação) do “Engagement” no trabalho, a existência de diferença de “Engagement” entre grupos de profissionais de saúde, a não existência de diferença do “Engagement” entre géneros e faixas etárias, a existência de correlação entre os três fatores do “Engagement” e os fatores do questionário de Satisfação no Trabalho, a existência de diferença de “Engagement” entre grupos de profissionais de saúde (Médicos, Enfermeiros, Técnicos) vs Outros (Secretários Clínicos e Assistentes Operacionais) e a não existência de diferença de “Engagement” entre Clínicos das USF vs Outras Unidades.
Work engagement is defined as a positive and fulfilling state of mind related to work, characterized by vigor, dedication and absorption. Work engagement has relevance in the field of positive psychology and is recognized as construct of well-being and work satisfaction, therefore is essential to have valid measure instruments. The present study stresses the importance of understanding the engagement of healthcare workers, through the validation of the Portuguese version of Utrecht Work Engagement (UWES 17 e 9) by Schaufeli and Bakker. A cross-sectional, observational, analytic study was performed in the “Agrupamento de Centros de Saúde de Cascais” (Primary Care Health Centers Group of Cascais) with 280 responders. Concerning the reliability of questionnaires UWES-17 and UWES-9, internal consistency was confirmed. Factorial validity was not verified although the advantage of factorial structure with three factors was established by confirmatory factorial analysis. By convergent validity analysis, there was (1) correlation between the three engagement factors (vigor, absorption and dedication), (2) existence of different work engagement between health professionals groups, (3) lack of different work engagement between genders and age groups, (4) correlation between the three work engagement factors and work satisfaction questionnaire factors, (5) existence of work engagement differences between groups of health professionals (Doctors, Nurses, Technicians) versus Others (Secretaries, Assistant Clinical Operations) and finally (6) absence of work engagement differences between USF Clinicians versus Other Units.
Description: Projecto / Classificações do JEL: I10, C10
URI: http://hdl.handle.net/10071/6322
Designation: Mestrado em Gestão de Serviços de Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TM_JaimeMartins_Validação_questionário_engagement_ISCTE_Ab.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.