Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6305
acessibilidade
Title: Preditores individuais e contextuais das expectativas pré-formação: comportamentos de segurança, clima de segurança e crenças de auto-eficácia
Authors: Alves, Ana Luisa Neto
Orientador: Silva, Sílvia Costa Agostinho da
Keywords: Formação em segurança
Expectativas
Comportamentos de segurança
Clima de segurança
Crenças de auto-eficácia
Safety training
Expectations
Behaviors security
Safety climate
Self-efficacy beliefs
Issue Date: 2012
Citation: ALVES, Ana Luisa Neto - Preditores individuais e contextuais das expectativas pré-formação: comportamentos de segurança, clima de segurança e crenças de auto-eficácia [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6305>.
Abstract: Tendo em conta a gravidade de problemas de segurança e saúde no trabalho, a formação em segurança apresenta-se como uma forma de intervenção organizacional com crescente importância nos dias de hoje. O presente trabalho tem como principal objectivo investigar os efeitos de algumas variáveis individuais e contextuais nas expectativas face à formação em segurança, num momento pré-formação. O modelo proposto sugere que os comportamentos de segurança, o clima de segurança e as crenças de auto-eficácia podem relacionar-se com as expectativas dos formandos face à formação, antes da mesma ocorrer. Foi realizado um estudo de natureza correlacional (N= 137), em instituições de solidariedade social. Os dados foram recolhidos através da aplicação de um questionário aos formandos, constituído por instrumentos com boa consistência interna. Foram confirmadas todas as hipóteses, concluindo-se a existência de uma relação entre variáveis individuais e contextuais nas expectativas face à formação em segurança. Quer os comportamentos em segurança, quer o clima de segurança, quer as crenças de auto-eficácia, mostraram-se bons preditores das expectativas face à formação. Estes resultados vêm reforçar a ideia de que a fase de concepção da formação não deve de todo ser negligenciada.
Given the severity of security issues and health, safety training is presented as a form of organizational intervention with increasing importance nowadays. This study's main objective is to investigate the effects of some individual and contextual variables on expectations regarding the safety training at a time pre-training. The proposed model suggests that safety behaviors, safety climate and self-efficacy beliefs may relate to the expectations of trainees face training, before it occurs. We conducted a correlational study (N = 137) in charities. Data were collected using a questionnaire to trainees, consisting of instruments with good internal consistency. We confirmed all hypotheses, the existence of a relationship between individual and contextual variables on expectations regarding the safety training. Whether the safety behavior or safety climate, or the beliefs of self-efficacy, were good predictors expectations regarding the training. These results reinforce the idea that the design stage of the formation of all should not be neglected.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6305
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL.pdf311.31 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.