Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6239
acessibilidade
Title: Caracterização do absentismo num banco português
Authors: Claudino, David Manuel Rodrigues
Orientador: Nascimento, Generosa Gonçalves do
Portela, Sofia Lopes
Keywords: Absentismo
Clima organizacional
Compromisso organizacional
Cultura organizacional
Absenteeism
Organizational climate
Organizational commitment
Organizational culture
Issue Date: 2012
Citation: CLAUDINO, David Manuel Rodrigues - Caracterização do absentismo num banco português [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6239>.
Abstract: A investigação apresenta um estudo do absentismo organizacional como um fenómeno sociocultural numa instituição financeira de referência em Portugal. Numa perspetiva mais tradicional foi também estudada a relação de algumas características pessoais e profissionais com o índice de absentismo. Pretende-se não só descrever este fenómeno com impacto nos resultados das organizações, como também identificar e analisar se as características culturais e o grau de compromisso dos colaboradores com a organização se encontram associados ao absentismo. Da materialização do conceito emerge a questão central da investigação: As características culturais e o compromisso das pessoas com a organização estão relacionados com o índice de absentismo? Na abordagem metodológica recorreu-se, por um lado, à análise documental para a caracterização do absentismo na organização e, por outro, à aplicação dos questionários definidos por Quinn et al. (1985) no âmbito do modelo dos valores contrastantes e por Meyer & Allen (1997) no âmbito do modelo tridimensional, a uma população de 174 colaboradores. Da conjugação destas fontes de evidência apurou-se que: (i) as características culturais e o compromisso das pessoas com a organização não estão relacionados com os índices de absentismo; (ii) a distribuição dos scores das dimensões de cultura organizacional é igual entre todos os departamentos, exceto no que respeita ao modelo dos sistemas abertos; (iii) não existem diferenças estatisticamente significativas no grau de compromisso afetivo, de continuidade e normativo entre os grupos populacionais de indivíduos dos departamentos em análise; (iv) apenas se registaram diferenças estatisticamente significativas na distribuição dos índices de absentismo entre os grupos populacionais dos trabalhadores com filhos e sem filhos.
The research presents a study on organizational absenteeism as a social and cultural phenomenon in a financial institution of reference in Portugal. In a more traditional perspective was also studied the relationship of some personal and professional characteristics with the absenteeism rate. The aim is not only to describe the impact of this phenomenon on the organizations results, but also to identify and examine whether the cultural characteristics and degree of employee commitment to the organization are somehow associated with the organizational absenteeism. From the materialization of the concept emerges the central question of the research: Are the cultural characteristics and commitment of people to the organization related to the rate of absenteeism? In the methodological approach was used, on one hand, document analysis for characterization of absenteeism in the organization and, on the other hand, the application of questionnaires defined by Quinn et al. (1985) under the model values contrasting and Meyer & Allen (1997) within the three-dimensional model, to a population of 174 collaborators. From the combination of these sources of evidence was found that: (i) the cultural characteristics of people and the commitment to the organization are not related to absenteeism rates, (ii) the distribution of the scores of the dimensions of corporate culture is equal for all departments, except with regard to the model of open systems, (iii) there are no statistically significant differences in the degree of affective commitment, continuance and normative, among population groups of individuals in the departments under review, (iv) only statistically significant difference were observed in the distribution rates of absenteeism among population groups of workers with children and without children.
Description: Classificação: M12-Personnel Management; D23-Organizational Behavior
URI: http://hdl.handle.net/10071/6239
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TM_David Claudino.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.