Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6224
acessibilidade
Title: Populações rurais na Huíla e resiliência social em contexto de guerra o caso do município da Humpata (sudoeste angolano)
Authors: Fátima, Maria de
Orientador: Milando, João
Keywords: Populações rurais
Resiliência social
Guerra
Angola
Huila
Rural populations
Social resilience
War
Issue Date: 2012
Citation: Fátima, Maria de - Populações rurais na Huíla e resiliência social em contexto de guerra o caso do município da Humpata (sudoeste angolano) [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2012. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6224>.
Abstract: Este trabalho analisa os aspectos relacionados com a Resiliência Social das Populações rurais da Humpata pertencentes ao grupo étnico muila na perspectiva de um país (Angola) assolado pela guerra durante vários anos e a forma como as populações procuraram encontrar soluções para superar as adversidades. Trata-se de um estudo focado na captação de certas dinâmicas empreendidas pelas populações rurais da Humpata para viabilizar a sua sobrevivência. O estudo analisa a presença de militares estrangeiros na Humpata nomeadamente as tropas cubanas (FAR), da Namíbia (SWAPO) e da África do Sul (ANC), tal como os deslocados de guerra cuja presença no território da Humpata constituiu um importante factor de perturbação social. São analisadas as formas de relacionamento entre esses militares e as populações locais bem como entre estas e os deslocados nomeadamente a influência recíproca verificada através das múltiplas trocas entretanto surgidas. O estudo privilegiou a pesquisa qualitativa combinando observação directa e participante, entrevistas dirigidas e semi-dirigidas, histórias de vida, análise bibliográfica e documental o que permitiu compreender, até certo ponto, como as sociedades rurais da Humpata em contexto de guerra prolongada puderam evitar fenómenos de anomia e desintegração sociais. Os diferentes constrangimentos produziram por vezes diferentes configurações. As populações rurais da Humpata procuraram, na interacção com os novos actores sociais, formas de maximizar as oportunidades oferecidas pelo contexto, que por vezes se afigurava tenso. A partir das teorias de Elias observou-se que os factores adversos conduziram a uma maior coesão social na defesa dos seus recursos e das suas famílias quando surgiram outros actores sociais nas suas localidades.
This study examines some issues related to Social Resilience in Humpata’s rural populations (Angola) in a country ravaged by a protracted war, as well as the solutions sought by these populations to overcome adversity. The focus lies in the dynamics of the rural populations belonging to the Muila ethnic group to guarantee their survival. This study analyses the presence of foreign military troops in Humpata, in particular the Cuban (FAR), Namibian (SWAPO) and South African (ANC) military groups, and the internal displaced persons (IDPs) who played a relevant role in the social unrest. It examines the relationship between these military groups and local populations, as well as the relationship between the local populations and the IDPs, in particular the reciprocal influence caused by the multiple exchanges taking place at the time. The qualitative research used in this study - combining direct and participant observation, directed and semi-directed interviews, life histories, bibliographic and document analysis – enabled a better understanding of how rural societies in a protracted war context were able to avoid such phenomena as anomy and social disintegration. Different constraints gave way to different settings. In their interaction with new social actors, the rural populations in Humpata sought to maximize the opportunities offered in a context sometimes characterized by tension. Norbert Elias’s theories help to understand how the presenced of other social actors led to a greater social cohesion amongst Humpata’s rural populations and to reinforce the protection of their property and resources.
Description: Tese de doutoramento em Estudos Africanos
URI: http://hdl.handle.net/10071/6224
Thesis identifier: 101371993
ISBN: 978-989-732-297-6
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL 2 (2013).pdf2 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.