Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/612
acessibilidade
Title: Trabalho assalariado e estratégias de sobrevivência e reprodução de famílias em Luanda
Authors: Rodrigues, Cristina Udelsmann
Orientador: Feliciano, José Fialho
Issue Date: 6-Dec-2007
Citation: RODRIGUES, Cristina Udelsmann - Trabalho assalariado e estratégias de sobrevivência e reprodução de famílias em Luanda. Lisboa: ISCTE-IUL, 2007. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/612>.
Abstract: O trabalho assalariado em Angola é, de uma forma geral, uma realidade que historicamente encontra correspondência com o período da colonização portuguesa, prolongando-se até à actualidade. Ao longo deste período abrangente, registam-se diferenças significativas no que diz respeito às relações laborais, sendo possível identificar fases predominantemente esclavagistas, fases em que predomina o trabalho forçado, fases em que é tendencialmente predominante o assalariamento, fases em que, embora o assalariamento seja a relação laboral primordialmente considerada ao nível macroeconómico, ele é ultrapassado e sobreposto por múltiplas e variadas formas de desempenho e desenvolvimento das actividades económicas.
URI: http://hdl.handle.net/10071/612
Thesis identifier: 101117507
Designation: Doutoramento em Estudos Africanos Interdisciplinares em Ciências Sociais
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TeseDoc Cristina U Rodrigues.pdfDocumento principal2.3 MBAdobe PDFView/Open
Capas TeseDoc Cristina U Rodrigues.pdfCapas18.69 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.