Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6116
acessibilidade
Title: Qualidade de vida, apoio social e estado de saúde numa amostra de idosos: estudo comparativo entre idosos com e sem serviço de apoio domiciliário
Authors: Reis, Teresa Maria Vieira de Brito e Sousa
Orientador: Alexandre, Joana Dias
Keywords: Envelhecimento
Qualidade de vida
Apoio social
Estado de saúde
Serviço de apoio domiciliário
Ageing
Quality of life
Social support
Health status
Home care service
Issue Date: 2012
Citation: REIS, Teresa Maria Vieira de Brito e Sousa - Qualidade de vida, apoio social e estado de saúde numa amostra de idosos: estudo comparativo entre idosos com e sem serviço de apoio domiciliário [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6116>.
Abstract: Em Portugal, tal como noutros países, assiste-se a um crescente aumento da população idosa, o que suscita o desenvolvimento de estratégias no âmbito do envelhecimento activo na sociedade, promovendo uma Qualidade de Vida (QdV) e uma Saúde mais positivas nesta população. A literatura tem mostrado que existe uma associação entre a QdV e algumas variáveis como, por exemplo, a Saúde e o Suporte Social. Por outro lado, e considerando o ano de 2011, 14157 pessoas recebiam apoio de um Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) na região de Lisboa. O principal objectivo deste estudo consiste em analisar as percepções de QdV, Apoio Social e Estado de Saúde numa amostra de idosos Portugueses, que usufruem de SAD e outros que não beneficiam deste apoio. Para responder a este objectivo foi conduzido um estudo com 70 idosos (31 com SAD e 39 sem SAD). Os resultados mostram a existência de diferenças significativas na percepção de QdV, nomeadamente, nas facetas Autonomia, Participação Social e Família/Vida Familiar, sendo estas mais percepcionadas para o grupo sem SAD. No que diz respeito ao Estado de Saúde, verifica-se, para ambos os grupos de idosos, uma correlação positiva, significativa e forte entre a QdV e a Saúde, no entanto, a correlação entre a componente Física da Saúde e a QdV é mais forte para o grupo com SAD do que para o grupo sem SAD. Em relação ao Apoio Social, verifica-se que existe, para ambos os grupos, uma correlação positiva entre a QdV e as dimensões Apoio Informativo e Apoio Emocional. Ainda no que se refere ao Apoio Social, verifica-se que para ambos os grupos a principal fonte de suporte são os filhos, e que estão satisfeitos com este tipo de apoio, não existindo diferenças nesta variável entre os dois grupos. Estes resultados serão discutidos com base nas perspectivas teóricas existentes na literatura.
In Portugal, as in other countries, there is a growing increase in the elderly population, which leads to the development of strategies in the context of active ageing in society, promoting a more positive Quality of Life (QoL) and health in this population. The literature has shown that there is an association between QoL and some variables such as the Health and Social Support. On the other hand, considering the year of 2011, 14157 people received support from a Home Care Service (HCS) in Lisbon area. The main objective of this study is to examine the perceptions of Social Support, Health Status and Qol in a sample of Portuguese older people, who have HCS and others who do not benefit from this support. To meet this objective was conducted a study with 70 older people (31 with HCS and 39 without HCS). The results show the existence of significant differences in perception of QoL, specially, on the Autonomy, Social Participation and Family/Life Family facets, these being more perceived to the group without HCS. Concerning on Health Status, it turns out, for both groups of older people, a significant positive and strong correlation between QoL and Health, however, the correlation between the Physical component of Health and QoL is stronger for the group with HCS than for the group without HCS. In relation to Social Support, we verified that there is, for both groups, a positive correlation among QoL, Information Support and Emotional Support dimensions. Thus regarding to Social Support, we verified for both groups that the main source of support are the sons, and that they are satisfied with this kind of support, there are no differences in this variable between the two groups. These results will be discussed on the basis of the theoretical perspectives that exist in the literature.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6116
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Qualidade de Vida, Apoio Social e Estado de Saúde numa Amostra de Idosos - Teresa Sousa Reis.pdf4.35 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.