Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6106
acessibilidade
Title: Impacto da política monetária nas principais variáveis macroeconómicas em Portugal
Authors: Tavares, Patrícia Afonso
Orientador: Oliveira, Luís
Curto, José Dias
Keywords: Monetary policy
Vector autoregressive
Portuguese financial system
Impulse response function
Política monetária
Vector autoregressivo
Sistema financeiro português
Função resposta a impulsos
Issue Date: 2011
Citation: TAVARES, Patrícia Afonso - Impacto da política monetária nas principais variáveis macroeconómicas em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/6106>.
Abstract: The purpose of this paper is to shed light on how monetary policy decisions taken by the European Central Bank (ECB), the most important decision-maker of economic policy in the Euro Zone, affect the main macroeconomic variables in Portugal. A set of 5 variables was considered to be representative of the economic reality of the country and, because of this, are able to affect, directly or indirectly, all economic agents. The variables are: short-term interest rates, equity prices, consumer price index, real gross domestic product and residential property prices. Such monetary policy decisions are referred, especially, to changes in ECB reference rate (refi rate), its most important instrument when trying to cope with its main objective – guarantee financial stability. To do such work, is important to check whether the Portuguese financial system is an open system. To do that, its main features were analyzed, because this has a great influence on the effectiveness of the monetary transmission mechanism described above. Through a Vector Autoregressive (VAR) Model, we estimated the interdependence between the different variables considered. After that, and by introducing a shock in short-term interest rate, we calculated an impulse response function in order to check the spread of such a shock in the remaining variables.
O objectivo desta dissertação é analisar a forma como as decisões de política monetária tomadas pelo Banco Central Europeu (BCE), principal agente de decisão de política monetária em toda a Zona Euro, afectam as principais variáveis macroeconómicas em Portugal. Escolheu-se um leque de 5 variáveis que se consideram ser representativas da realidade económica do país, e que afectam por isso, directamente ou indirectamente, todos os agentes económicos: taxas de juro de curto prazo, preço das acções, a inflação, o Produto Interno Bruto e o Preço do Imobiliário. Tais decisões de política monetária traduzem-se, sobretudo, em alterações na taxa de juro de referência do BCE (refi rate), seu principal instrumento no cumprimento da garantia de estabilidade de preços. Para tal, considerou-se pertinente verificar o grau de abertura do sistema financeiro português através da análise das suas principais características, pois dessa maior ou menor abertura depende a eficácia do mecanismo de transmissão acima descrito. Através de um modelo Vector Autoregressivo (VAR), estimou-se a interdependência entre as diferentes variáveis em análise, após o que, através da introdução de um choque nas taxas de juro de curto prazo, se calculou a função resposta a impulsos de modo a verificar a propagação de tal choque nas restantes variáveis.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6106
Designation: Mestrado em Finanças
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
IMPACTO DA POLÍTICA MONETÁRIA NAS PRINCIPAIS VARIÁVEIS MACRO.pdf687.73 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.