Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6049
acessibilidade
Title: Exclusão epistémica da crimigração
Authors: Dores, António Pedro
Keywords: crimigração
violência
exclusão
crise
Issue Date: 2012
Publisher: Associação Portuguesa de Sociologia
Abstract: Qual a importância comparada do estudo da situação nas prisões e dos estudos sobre a indústria, agricultura e pescas, serviços, condição cultural, política ou financeira para caracterizar uma sociedade? E que importância têm o conhecimento sobre as relações de uma sociedade com a imigração para a caracterizar? Não é estranho que sendo o controlo das fronteiras, da nacionalidade e do monopólio do uso legítimo da força das principais características principais das sociedades modernas – as funções do Estado que a todos parecem inalienáveis – a imigração e a criminalização sejam processos epistemologicamente marginalizados, senão excluídos, da caracterização das sociedades? A discussão desta questão será ilustrada com a actual situação de crise, em que o problema financeiro global tem sido usado como pretexto para suspensão das referências à teoria da escolha racional em nome da necessidade de empobrecimento e de sacrifícios de todos os que não pertencem às classes cada vez mais privilegiadas.
How to compare the relevance of the social studies about prisons and the social studies about the industry, the agriculture and fish industry, services, or the social-political and finance situation of society in general? Is it comparable the relevance of the studies of immigrants and the mainstream social research about who we are? How come that the main forces of the State that imposes national borders and national identities by legitimate force become marginal concern – even excluded concerns – when is the time to characterize society as an all? This paper discuss this problem looking to the empirical case of finance crises in Western countries as a pretext to suspend for a while the validity of the theory of the rational choice and its sanctions that were supposed to work as automatic checks and balances. Substitute by a new theory about the benefits of impoverishment and sacrifice of all the people, except managing and political classes.
Peer reviewed: Não
URI: http://hdl.handle.net/10071/6049
Appears in Collections:CIES-CRN - Comunicações a conferências nacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Exclusão epistémica da crimigração 02.docx50.59 kBMicrosoft WordView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.