Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/6022
acessibilidade
Title: Investimento em Capital Escolar e Processos Históricos de Mudança Social: Três gerações de estudantes angolanos em Portugal
Other Titles: Investment in school capital and historical processes of social change: Three generations of Angolan students in Portugal
Authors: Faria, Margarida Lima de
Keywords: Ensino superior
Mudança social
Família
Higher education
Social change
Family
Issue Date: Sep-2013
Publisher: Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Estudos Africanos e Escola Superior de Educação e Ciências Sociais – Instituto Politécnico de Leiria
Abstract: A evolução das gerações de estudantes angolanos a estudar em Portugal vem acompanhando a sucessão das mudanças sociais que caracterizam a história recente de Angola. O pesado legado deixado pelo colonialismo, no que toca a formação escolar das populações não-brancas, condicionou o acesso dessas populações ao ensino superior tendo sido necessário, no período que sucede a independência, empenhar todos os esforços na formação de quadros e, em simultâneo, na formação de formadores. Assim, muitos dos estudantes que ingressaram no ensino superior foram resgatados dos mais variados contextos sociais, sendo que a maioria provém de famílias com fraquíssima ligação à Escola. Contudo, existiam, à época, algumas famílias já escolarizadas acima da média, que mais não fizeram do que reproduzir essa situação, passando- a às novas gerações. Na presente comunicação comparar-se-ão esses “herdeiros” com os “novos estudantes” e o modo como construíram as suas trajetórias escolares, e como as foram articulando com os diferentes contextos de mudança da própria sociedade angolana.
The evolution in generations of Angolan students studying in Portugal has accompanied the succession of social changes in Angola’s recent history. The heavy legacy le$ by colonialism in terms of the education of non-white populations conditioned their access to higher education. It was therefore necessary to put all efforts into staff and trainer training in the period a$er independence. Many students entering higher education were rescued from the most varied social contexts and the majority came from families with very weak connections to schooling. However, at that time there were some families with above-average education that did no more than reproduce their situation by passing it down to future generations. In this paper, I compare these “heirs” to the “new students” and how they built their school trajectories, and how these trajectories were intertwined with the different contexts of change in Angolan society itself.
URI: http://hdl.handle.net/10071/6022
ISBN: 978-989-97836-5-2
Appears in Collections:CEI-CLN – Autoria de capítulos de livros nacionais

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Faria_COOPEDU.pdf131.23 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.