Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/5287
acessibilidade
Title: Escolha de políticas contabilísticas e a classificação dos sistemas contabilísticos: evidência de Portugal, Espanha, França e Bélgica
Authors: Ferromau, Anaïs Oliveira
Orientador: Morais, Ana Isabel
Laureano, Raúl M. S.
Keywords: Sistemas contabilísticos
Harmonização contabilística
IFRS
Políticas contabilísticas
Accounting systems
Accounting harmonization
Accounting policies
Issue Date: 2012
Citation: FERROMAU, Anaïs Oliveira - Escolha de políticas contabilísticas e a classificação dos sistemas contabilísticos: evidência de Portugal, Espanha, França e Bélgica [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/5287>.
Abstract: A necessidade de harmonização contabilística nasce da constatação de que existem diferenças internacionais relativas ao reporte financeiro e às práticas contabilísticas. Esta diversidade dos sistemas contabilísticos é o resultado da interface de vários factores que reflectem características particulares e únicas do ambiente nacional das empresas. A utilização obrigatória das IFRS para demonstrações financeiras consolidadas, a partir de 2005 em vários mercados de capitais, juntamente com a actividade desenvolvida pelo IASB e outros organismos tem tido um impacto importante no processo de harmonização internacional de contabilidade. No entanto, apesar dos esforços, persistem vários motivos e oportunidades para a sobrevivência de diferenças internacionais nas políticas contabilísticas. Assim, o primeiro objectivo deste relatório é averiguar se existe harmonização contabilística em termos materiais entre países, anteriormente classificados num mesmo grupo relativamente ao seu sistema contabilístico, e que utilizam as mesmas normas contabilísticas (i.e. harmonização contabilística em termos formais). E o segundo objectivo pretende identificar quais as possíveis causas para existirem diferenças significativas nas políticas contabilísticas. Com base em 91 empresas cotadas em Portugal, Espanha, França e Bélgica, procedeu-se à análise de conteúdo dos Relatórios e Contas de 2010 e formularam-se testes de hipóteses, de acordo com os factores em estudo (sector, dimensão, internacionalização e alavancagem financeira), para modelos de regressão logística. Os resultados do estudo evidenciaram onze políticas onde não existe harmonização contabilística entre os países e que os factores em estudo estão associados às escolhas de algumas opções contabilísticas. Adicionalmente, o estudo verifica, também, a continuação das tradições de algumas políticas contabilísticas nacionais.
The need for accounting harmonization arises from the fact that there are differences related to international financial reporting and accounting practices. This diversity of accounting systems is the result of several factors, which reflect unique and particular characteristics of the national environmental of companies. The mandatory use of IFRS for consolidated financial statements, since 2005 in various capital markets, together with the activities of the IASB and other organisms have had a major impact on the process of international accounting harmonization. However, despite efforts, there remain many reasons and opportunities for the survival of international differences in accounting policies. So, the first aim for this study is to investigate if there is material accounting harmonization between countries formerly classified in the same group, with respect to its accounting system and using the same accounting standards (i.e. accounting harmonization in formal terms). And the second aim is to identify the possible causes for which there are significant differences in accounting policies. Based on 91 listed companies in Portugal, Spain, France and Belgium, we analysed the 2010 Report and Accounts, and we formulated some hypothesis tests according to the factors under study (sector, size, internationalization, and financial leverage) for logistic regression models. The results showed eleven accounting policies, where there is no accounting harmonization between countries and that factors under study are associated with the choices of some accounting options. Additionally, the study confirms, also, the continuation of national traditions, for some policies.
URI: http://hdl.handle.net/10071/5287
Designation: Mestrado em Contabilidade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
AnaisFerromau_Tese_VersãoFinal_2012.04.pdf930.56 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.