Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/5243
acessibilidade
Title: O Tratado de Lisboa e os media portugueses
Authors: Serro, Daniel Filipe dos Santos Ganhão Vieira
Orientador: Marques, Margarida
Keywords: Media
Portugueses
Tratados
Tratado de Lisboa
Presidência
União Europeia
Ratificação
Cimeira Informal de Lisboa
Conselho Europeu
Estados-membros
Media
Portuguese
Treaties
Lisbon Treaty
Presidency; European Union
Ratification
Lisbon Informal Summit
Informal European Council
Member state
Issue Date: 2011
Citation: SERRO, Daniel Filipe dos Santos Ganhão Vieira - O Tratado de Lisboa e os media portugueses [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/5243>.
Abstract: Portugal assumiu, depois de 1992 e 2000, pela terceira vez a Presidência da União Europeia no segundo semestre do ano de 2007. Sendo que a Presidência do Conselho da União Europeia era rotativa, de seis em seis meses, entre os Estados-membros da União Europeia. Durante a Presidência Portuguesa ocorreram vários eventos e reuniões com os representantes dos países membros da União Europeia, entre as quais a Cimeira Informal de Lisboa – CIL, e Conselho Europeu, a 18 e 19 de Outubro de 2007 em Lisboa, onde foi alcançado o acordo para a obtenção do Tratado de Lisboa. Eram muitos os jornalistas presentes, muitos deles da imprensa portuguesa, dada a importância desta cimeira. A organização da Presidência Portuguesa da União Europeia dispunha de uma equipa especializada em media, a Mediateam, com o intuito de facilitar o trabalho de todos os profissionais de comunicação social. Conclui-se que a partir de uma pesquisa a artigos escritos na imprensa nacional, durante o ano de 2007, que a possibilidade de obtenção de um acordo referente ao Tratado de Lisboa gerou um optimismo tanto da parte dos jornalistas como dos representantes políticos dos Estados-membros da União Europeia. Considerando os tratados europeus como pilares da construção da União Europeia tal como a conhecemos, o processo de ratificação do Tratado de Lisboa por parte dos países membros da União Europeia foi o de aprovação parlamentar, à excepção da Irlanda que foi por referendo.
On the second half of 2007, Portugal took on, for the third time after 1992 and 2000, the EU Presidency as it‟s due to rotate every six months among its members. During this mandate, there were many events and meetings with the representatives of the EU member countries namely the Lisbon Informal Summit on 18th and 19th October 2007 in Lisbon, and the Informal European Council, where an agreement on Lisbon Treaty was reached. Given the importance of this summit, there were many journalists present, many of which from portuguese press. There was a specific media team within the organisation committee, Mediateam, looking to assist on all the requirements from the media representatives. Based on some research and articles written in the national press during 2007, the possibility of achieving an agreement related to the Lisbon Treaty spreaded an optimism not only from the journalists but also from the political representatives of the EU members. Considering that the European Treaties are a fundamental pillar for the EU as we know it, the process of ratification of the Lisbon Treaty by EU members was of parliamentary approval with the exception of Ireland which conducted a referendum.
URI: http://hdl.handle.net/10071/5243
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
O Tratado de Lisboa e os media portugueses.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.