Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4996
acessibilidade
Title: Exigências laborais associadas ao stress profissional e bem-estar laboral: o papel moderador da coesão grupal percebida
Authors: Santos, Rita Menezes dos
Orientador: Neves, José G.
Keywords: Exigências laborais
Stress profissional percebido
Bem-estar psicológico
Coesão grupal percebida
Job demands
Psychological well-being
Perceived group cohesion
Perceived occupational stress
Issue Date: 2010
Citation: SANTOS, Rita Menezes dos - Exigências laborais associadas ao stress profissional e bem-estar laboral: o papel moderador da coesão grupal percebida [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4996>.
Abstract: O mundo organizacional está em permanente mudança, quer devido à globalização, ao aumento da concorrência, às crises económicas que se sucedem, o que faz com que as organizações e os seus colaboradores estejam sujeitos a exigências extremas. É neste sentido que ganham cada vez mais pertinência estudos no âmbito do stress e bemestar no trabalho, sendo que o presente estudo propõe-se a analisar a relação entre as exigências laborais e o stress profissional percebido e o bem-estar psicológico, assim como verificar o papel moderador que a coesão grupal percebida possui na relação entre exigências laborais e stress profissional percebido e bem-estar psicológico. A amostra utilizada é constituída por 158 indivíduos que pertencem a um grupo hoteleiro, sendo que a aplicação dos questionários ocorreu via electrónica e pessoalmente. Os resultados obtidos permitiram comprovar que existe uma forte relação entre as exigências laborais de tempo com, quer o stress profissional percebido, quer o bem-estar psicológico, sendo neste segundo caso a correlação mais forte. Por outro lado, a coesão grupal percebida não teve um papel moderador entre as exigências laborais e o stress profissional percebido e o bem-estar psicológico, sendo no entanto um forte preditor do bem-estar psicológico.
The organizational world is constantly changing, whether due to globalization, increased competition, economic crises that follow, which makes it possible for organizations and their employees are subject to extreme demands. In this sense, is of increasing relevance in studies of stress and well-being at work, and that this study proposes to examine the relationship between job demands and occupational stress and perceived psychological well-being, as well as check the moderating role that perceived group cohesion has on the relationship between perceived job demands and perceived occupational stress and psychological well-being. The sample consists of 158 individuals belonging to a hotel group, and the questionnaires occurred electronically and personally. The results allowed to demonstrate that there is a strong relationship between the job demands of time with either perceived occupational stress, either psychological well-being, and in this second case the strongest correlation. Furthermore, perceived group cohesion had a moderating role between job demands and occupational stress and perceived psychological well-being, and yet a strong predictor of psychological well-being.
Description: 3660, 3670
URI: http://hdl.handle.net/10071/4996
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Capa_Tese.pdf104.82 kBAdobe PDFView/Open
Stress e Bem_Estar.pdf662.51 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.