Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4612
acessibilidade
Title: Análise evolutiva do sector dos transportes : estudo de caso : CP - Comboios de Portugal, E.P.E. e Fertagus - Travessia do Tejo, Transportes, SA
Authors: Sebastião, Helena Isabel Ribeiro da Graça
Orientador: Morais, Ana Isabel Abranches Pereira Carvalho
Keywords: Sector Empresarial do Estado
Transportes
CP-Comboios de Portugal
Fertagus
State-owned Company Sector
Transport
Issue Date: 2012
Citation: SEBASTIÃO, Helena Isabel Ribeiro da Graça - Análise evolutiva do sector dos transportes : estudo de caso : CP - Comboios de Portugal, E.P.E. e Fertagus - Travessia do Tejo, Transportes, SA [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4612>.
Abstract: Nos dias de hoje, com a crise económica à escala europeia, fala-se muito das empresas, que pertencem ao Sector Empresarial do Estado, devido aos prejuízos que têm apresentado. Por esta razão, é efectuado em primeiro lugar, na presente investigação uma avaliação do Sector Empresarial do Estado, centrado no sector dos transportes, pois são as empresas deste sector, as que mais encargos representam para o Estado Português. Numa segunda fase, é finalidade deste trabalho, efectuar uma comparação entre a CP-Comboios de Portugal, E.P.E (CP) e a Fertagus – Travessia do Tejo, Transportes, SA (Fertagus), analisando um conjunto de indicadores, de forma a confrontar os resultados de uma empresa pública com uma empresa privada, evidenciando as implicações das diferentes práticas de gestão. Essencialmente espera-se no final desta investigação poder responder à questão: Porquê que a CP apresenta consecutivos indicadores negativos e a sua congénere Fertagus tem apresentado indicadores positivos nos últimos anos de exploração? Chegando-se à conclusão que, a CP, apresenta uma situação de total falência técnica, devido ao défice operacional e aos elevados encargos financeiros. Já quanto à Fertagus tem mostrado nos últimos anos capacidade de gerar valor para os accionistas, coadjuvada pelo modelo de concessão acordado com o Estado. Embora seja uma empresa privada, a concessão permite-lhe obter benefícios, que num negócio normal não aconteceriam, viabilizando desta forma a empresa. Impõe-se por isso, a definição de um modelo viável para a CP, que permita à empresa sair da situação caótica em que se encontra.
Currently, in the context of the European economic crisis, one hears a lot about the companies that are part of the State-owned Company Sector, due to the losses they have been presenting. For this reason this work begins with an evaluation of the State-owned Company Sector, focused in the transport sector, because the companies of this sector are the ones that represent a larger burden for the Portuguese State. In a second stage, it is the goal of this work to carry out a comparison between the companies CP-Comboios de Portugal, E.P.E. (CP) and Fertagus – Travessia do Tejo, Transportes, SA (Fertagus), by analysing a series of indicators, so as to confront the results of a State-owned company with the results of a private company, showing the implications of the different management practices. Ultimately, after this research work, one expects to be able to answer the question: Why does CP present consecutive negative indicators and Fertagus, a similar company, has been presenting positive indicators in the last few years of exploration? One concludes that CP presents a situation of technical bankruptcy, due to the operating deficit and to the high financial burden. On the other hand, Fertagus in the last few years has shown the ability to generate value to its shareholders, assisted by the concession model settled with the State. Despite being a private company, the concession allows it to get benefits that wouldn’t exist in a normal business, thus making the company viable. It is therefore imperative to define a viable model for CP, which allows the company to overcome its current chaotic situation.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4612
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Analise_Sector_Transportes_Caso_CP_Fertagus.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.