Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4563
acessibilidade
Title: Diferenças individuais no uso de poder: validação empírica de uma taxonomia de quatro dimensões
Authors: Brito, Marco Givá de
Orientador: Ramalho, Nelson
Keywords: Ética
Orientação para o poder
Orientações atitudinais
Poder socializado
Poder personalizado
Ethics
Power orientation
Attitudinal orientation
Socialized power
Personalized power
Issue Date: 2011
Citation: BRITO, Marco Givá de - Diferenças individuais no uso de poder: validação empírica de uma taxonomia de quatro dimensões [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4563>.
Abstract: Propomos que as diferenças individuais no exercício de poder devem ser compreendidas no contexto da sua relação com quatro dimensões independentes: Poder Socializado, Poder Personalizado, Idealismo e Relativismo. Para testar esta asserção, empreendemos em validar a capacidade destas dimensões preverem as diferenças entre uma série de orientações atitudinas que a literatura indica serem distintas nas suas crenças sobre o uso apropriado de poder. Para este propósito, aplicamos uma bateria de questionários atitudinais colocados online a uma amostra de 177 voluntários. Os resultados evidenciam que as dimensões Poder Socializado e Poder Personalizado prevêem claramente as diferenças entre as variáveis. Mais, o papel da ética esclarece a perspectiva deontológica (ou ausência dela) que está associada às atitudes em questão. É discutida a importância de uma taxonomia baseada nestas quatro dimensões.
We proposed that the individual differences in the use of power should be understood in terms of the relationship with four independent dimensions: Socialized Power, Personalized Power, Idealism and Relativism. To test this assertion, we attempted to empirically validate the capacity of these dimensions to predict the differences between a set of atittudinal orientations that the existing research indicates are distinct in their beliefs about the approriate use of power. For this purpose, we applied a battery of online attitude questionnaires to a sample of 177 volunteers. The results show that the Socialized Power and Personalized Power Dimensions clearly predict the differences between the variables. Second, the role of ethics illuminates the deontological perspective (or lack of it) that are associated with the attitudes in questions. We discuss the importance of a taxonomy based on these four dimensions.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4563
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Marco-tese.pdf700.09 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.