Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4513
acessibilidade
Title: Competência intercultural: da percepção das famílias de minorias étnicas à dos técnicos
Authors: Gonçalves, Andreia Filipa Pinto
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Competência intercultural
Avaliação da competência intercultural
Famílias de minorias étnicas
Profissionais de intervenção social e comunitária
Intercultural competence
Intercultural competence assessment
Ethnic minority families
Professionals of community and social intervention
Issue Date: 2011
Citation: GONÇALVES, Andreia Filipa Pinto - Competência intercultural: da percepção das famílias de minorias étnicas à dos técnicos [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4513>.
Abstract: O presente trabalho está inserido na temática da competência intercultural e a relação entre técnicos de intervenção social e comunitária e famílias de minorias étnicas. O objectivo geral deste estudo quantitativo foi analisar a percepção da competência intercultural dos técnicos e a das famílias de minorias étnicas em intervenção comunitária, visto existirem escassos estudos neste âmbito. A amostra foi de 109 membros de famílias de minorias étnicas e 42 técnicos de intervenção social e comunitária. Aplicou-se a ambos os grupos questionários de avaliação de competências interculturais, adaptados da literatura internacional, possuindo duas versões: versão das famílias e versão dos técnicos. Aos primeiros aplicou-se o questionário através de uma entrevista individual para facilitar a compreensão dos itens por parte dos participantes, derivado à sua diversidade cultural/linguística. Ambas as versões dos questionários basearam-se no modelo de Sue et al. (1992), composto por três dimensões: consciência, conhecimento e competências práticas do profissional. Os principais resultados demonstraram que existe correlação entre a escala total das duas versões (famílias de minorias étnicas e técnicos) com as respectivas subescalas. No entanto, não foi encontrada uma correlação entre a escala total das famílias com a escala total dos técnicos, com excepção do facto de que as famílias parecem avaliar melhor as estratégias de intervenção daqueles técnicos que têm mais conhecimento. Os profissionais deste estudo pareceram referir que se percepcionam como razoavelmente competentes neste domínio, apesar de indicarem não ter qualquer tipo de formação específica na área da diversidade cultural. As limitações encontradas ao longo do estudo foram discutidas e as possíveis sugestões para futuros trabalhos foram delineadas.
The present study is framed within the theme of intercultural competence and the relation between community and social intervention professionals and ethnical minority families. Thus, the general goal of this quantitative study was to analyze the perception of the intercultural competence of community and social interventions professionals and its perception by ethnic minority families, as there are very few studies in this particular area. The sample consisted of 109 members of ethnical minority families and 42 community and social intervention professionals. To both groups were applied questionnaires based on the international literature, which has two versions: Family Version and Professional Version. Both versions of the questionnaires were based on the model of Sue et al. (1992), composed of three dimensions: awareness, knowledge and practical skills of the professional. The main results showed a correlation between the total scale of the two versions (ethnic minorities families and technical) with their respective subscales. However, no correlation was found between the total scale of the families with the overall scale of technicians, with the exception that families appeared to better evaluate the intervention strategies of those professionals who have more knowledge. Professionals refer to this study seemed to perceive it as a reasonably competent in this field, although not indicate any specific training in cultural diversity. The limitations encountered during the study were discussed and possible suggestions for work future were outlined.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4513
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertacao_template_draft_Andreia_Pinto_ final.pdf771.99 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.