Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4376
acessibilidade
Title: Análise às principais forças macroeconómicas que actuam sobre o PIB: abordagem através de modelos VAR
Authors: Matela, Pedro Conde
Orientador: Martins, Luís Filipe
Keywords: Principais forças macroeconómicas
Modelos VAR
Causalidade à Granger
Funções impulso resposta
Decomposição da variância
Zona Euro
Portugal
Main macroeconomic forces
VAR models
Granger causality
Impulse response function
Variance decomposition
Euro Zone
Issue Date: 2009
Citation: MATELA, Pedro Conde - Análise às principais forças macroeconómicas que actuam sobre o PIB: abordagem através de modelos VAR [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4376>.
Abstract: Na presente investigação, fazendo recurso à metodologia VAR, examinamos quais são as “principais forças macroeconómicas” que condicionam a evolução da actividade económica em Portugal e na Zona Euro. Para proceder à referida averiguação, seleccionámos um conjunto de variáveis que contempla não só aspectos utilizados com alguma frequência neste tipo de análise empírica, como as trocas e a finança mas também dimensões de carácter mais inovador como o investimento directo estrageiro, o financiamento interbancário, o sentimento económico e os mercados bolsistas. A nossa análise baseou-se essencialmente na informação obtida através do teste de causalidade à Granger e do estudo das funções impulso resposta e da decomposição da variância. Aferimos, como seria expectável, que em ambos os espaços económicos o PIB exibe uma inércia expressiva, sendo esta mais evidente e duradoura em Portugal. No mesmo sentido, a Despesa Pública e o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor exercem igualmente um ascendente significativo sobre a performance das duas economias. Para a Zona Euro também conseguimos apurar que a Taxa de Refinanciamento do BCE e o Índice de Commodities se constituem como duas dimensões de relevo, apesar da última exibir maior expressividade apenas no curto prazo. Para o caso português, salientamos a preponderância da Taxa de Juro Euribor a 3 Meses, do Contributo Nacional para o Agregado Monetário M3 e, em menor proporção, do Investimento Directo Estrangeiro. Face ao exposto, constatamos que só na economia nacional as variáveis de natureza mais inovadora assumem alguma importância.
This dissertation, through the estimation of VAR models, examines which are the “main macroeconomic forces” which constraint the evolution of the economic activity in Portugal and in the Euro Zone. To address this issue we’ve assembled a group of variables ranging aspects that are frequently used in this kind of studies, like trade and finance, to dimensions with a more innovative nature such as Foreign Direct Investment, interbank financing, economic sentiment or stock markets. Our analysis relayed mainly on the information obtained from the Granger causality test and from the study of the impulse response functions and the variance decomposition. We’ve acknowledged, as expected, that in both economies the GDP shows a significant inertia, which is more evident and longer lasting in Portugal. In the same way, Government Consumption and Harmonized Consumer Price Index also have some ascendancy over the performance of both economies. As far as the Euro Zone is concerned we’ve recognized that ECB Refinancing Rate, as well as the Commodities Index, also constitute two relevant dimensions, even though the last one has a bigger role in the short run. On the other hand, by addressing the Portuguese reality, we realize that the 3 Month Euribor Interest Rate, the National Contribution to the M3 Money Aggregate and, in shorter proportion, the Foreign Direct Investment all have a significant weight over the GDP. Taking into account what was said before, we conclude that only in the case of the Portuguese economy those innovative factors assume some importance.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4376
Designation: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação MEMF - Pedro Conde Matela.pdf681.27 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.