Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4176
acessibilidade
Title: Custo da doença crónica em idade pediátrica: poderá o modelo de gestão da doença contribuir para a sua redução? O caso do Núcleo de Spina Bífida do Hospital de Dona Estefânia/CHLC, EPE
Authors: Alves, Maria de Fátima Gomes Alves de Carvalho
Orientador: Crespo, Nuno
Virella, Daniel
Keywords: Doença crónica
Gestão da doença
Spina bifida
Custos
Chronic conditions
Disease management
Spina bifida
Budgetary costs
Issue Date: 2011
Citation: ALVES, Maria de Fátima Gomes Alves de Carvalho - Custo da doença crónica em idade pediátrica: poderá o modelo de gestão da doença contribuir para a sua redução? O caso do Núcleo de Spina Bífida do Hospital de Dona Estefânia/CHLC, EPE [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4176>.
Abstract: As doenças crónicas são entidades nosológicas de grande complexidade, que exigem cuidados multidisciplinares e consomem uma elevada quantidade de recursos. O investimento em novas tecnologias permitiu prolongar a sobrevivência de indivíduos com doença crónica, aumentando os custos inerentes. Actualmente, os Governos da generalidade dos países, debatem-se com problemas orçamentais para suportar o elevado crescimento da despesa com a Saúde. Neste contexto, as doenças crónicas são consideradas ideais para aplicação do modelo de gestão da doença. A gestão da doença é uma abordagem orientada para a coordenação dos recursos através de todo o sistema de prestação de cuidados e ao longo de todo o ciclo de vida da doença, prevenindo descompensações agudas da doença de base, desenvolvendo a autonomia do doente e melhorando a qualidade de vida. A Spina bifida é a malformação mais comum do tubo neural, com uma prevalência estimada em 3 casos por 10000 nascimentos, em Portugal. Sendo uma doença crónica, com defices múltiplos, exige cuidados multidisciplinares desde o primeiro dia de vida. Realizou-se um estudo com carácter exploratório, abrangendo um período de três anos (2007-2009), para caracterizar a população de doentes que constitui o Núcleo de Spina bifida do Hospital de Dona Estefânia, quantificar o impacto económico do seu tratamento e compará-lo com o impacto económico do tratamento do doente médio da mesma Instituição. Os resultados obtidos sugerem que a implementação do modelo de gestão da doença pode contribuir para a diminuição dos custos adicionais do tratamento de crianças e adolescentes com esta doença crónica, particularmente aplicando estratégias de prevenção dos internamentos por descompensação da sua doença de base.
Chronic diseases are conditions of great complexity which require multidisciplinary care and spend a large amount of resources. The investment in new technologies in the health care field, provided to a large group of chronic patients the possibility to survive their conditions and become big spenders to the health care system. Most of the countries are now struggling to maintain a government budget consolidation in order to sustain and improve the public health system besides the growing budgetary expenses. In this environment, chronic conditions are ideal models to implement the disease management concept. Disease management is an approaching in which we can coordinate the require resources to improve the quality of health care services provided to the patient during his whole life cycle. In that way, it would be possible to prevent acute situations related with the patient condition, give the individual tools to be autonomous and to improve his own quality of life. Spina bifida is the most common neural tube congenital defect, with prevalence in Portugal is, 3 cases in 10000 births. As multi defect condition, it requires an assorted multidisciplinary care from the first day of life. We elaborated an exploratory research study, under a period of three years (2007-2009), to get data on the patient population of the “Núcleo de Spina bifida do Hospital de D. Estefânia” to quantify the economic impact of their treatment and to compare it with the cost of the treatment of the average patient of the same institution. The results we got, can suggest that the implementation of the Disease Management Model could be helpful in lowing the additional costs associated with the treatment of these children and adolescents, particularly if we could prevent acute situations related with their chronic conditions.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4176
Designation: Mestrado em Gestão de Serviços de Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TESE FINAL.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.