Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4161
acessibilidade
Title: A relação entre a evolução do investimento directo estrangeiro e o risco-país em Angola
Authors: Sousa, Éder Nuno Vicente Samuel de
Orientador: Ferreira, Manuel António de Medeiros Ennes
Keywords: Investimento directo estrangeiro
Risco-país
Risco político
Petróleo
Crescimento económico
Angola
Foreign direct investment
Country risk
Political risk
Oil
Economic growth
Issue Date: 2011
Citation: SOUSA, Éder Nuno Vicente Samuel de - A relação entre a evolução do investimento directo estrangeiro e o risco-país em Angola [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4161>.
Abstract: Este trabalho constitui uma investigação que tem como objecto tentar estabelecer uma correlação entre a evolução do Investimento Directo Estrangeiro e a evolução do Risco-País, em Angola. Após 27 anos de guerra civil, Angola encontrou finalmente a estabilidade política com a paz alcançada, em 2002. O aumento da produção de petróleo e os elevados preços praticados nos mercados internacionais, a partir de 2002, permitiram um elevado crescimento da economia, impulsionando a reconstrução do país, com a realização de elevados investimentos em várias áreas, particularmente em infraestruturas que tinham sido destruídas pela guerra. A reconstrução do país tem gerado enormes oportunidades de investimento para os investidores estrangeiros e os fluxos de IDE aumentaram substancialmente, a partir de 2002. No entanto, apesar das enormes oportunidades de investimento e dos esforços realizados pelas autoridades angolanas com vista à atracção de IDE, Angola ainda apresenta riscos para os investidores estrangeiros. Se até 2002, devido à guerra, o risco era essencialmente de carácter político, com este estudo, procurou-se, perceber se os outros factores de risco, nomeadamente, factores económicos, sociais, financeiros, entre outros, evoluíram de forma positiva, à semelhança do risco político, contribuindo de forma determinante para o crescimento do IDE, a partir de 2002.
The main purpose of this research is to understand if there is any causal correlation between the evolution of Foreign Direct Investment and the evolution of Country Risk in Angola. After 27 years of civil war, Angola finally found political stability after peace was achieved in 2002. Since 2002 the increase of oil production and high prices of oil in international markets, allowed a high economic growth that has boosted the country's reconstruction, based on huge investments in several areas, particularly in infrastructure that were destroyed during the civil war. The reconstruction of the country has generated enormous investment opportunities for foreign investors and FDI flows increased substantially from 2002 on. However, despite these opportunities of investments and the efforts put in place by the Angolan authorities in order to attract FDI, Angola still offers some risks for foreign investors. Until 2002, due to war, the risk was essentially political. This study is an attempt of understanding if other risk factors, such as economic, social or financial factors, among others, have evolved positively contributing decisively to the growth of FDI since 2002.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4161
Designation: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Eder Samuel de Sousa.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.