Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/4139
acessibilidade
Title: Um olhar sobre as experiências de vigilância de saúde infantil de mães imigrantes cabo verdianas e brasileiras de Lisboa
Authors: Mourão, Susana Sofia Monteiro
Orientador: Bernardes, Sónia F.
Keywords: Imigração
Risco
Saúde
Vigilância de saúde infantil
Immigration
Risk
Health
Health child surveillance
Issue Date: 2011
Citation: MOURÃO, Susana Sofia Monteiro - Um olhar sobre as experiências de vigilância de saúde infantil de mães imigrantes cabo verdianas e brasileiras de Lisboa [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2011. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/4139>.
Abstract: A imigração é um fenómeno crescente nas sociedades contemporâneas e implica o contacto das pessoas com realidades diversas, com influência em várias áreas das suas vidas, incluindo na saúde. A condição de imigrante constitui-se como um factor de risco no acesso e na utilização dos serviços de saúde, sendo as crianças um grupo particularmente vulnerável nesse âmbito. Por isso, torna-se essencial intervir junto das populações imigrantes para uma promoção do bem-estar e para a prevenção de situações de doença, questão que deverá ser impulsionada desde idades precoces, tal como preconizado pela Lei da Protecção de Crianças e Jovens em Perigo (1999) e pela Direcção-Geral da Saúde [DGS] (2005). As populações Cabo Verdiana e Brasileira constituem os grupos de imigrantes mais representativos na Região de Lisboa, tendo, também, elevada expressão em todo o país. Face ao apresentado, este estudo tem como principal objectivo compreender as experiências de vigilância de saúde infantil de alguns grupos de mães imigrantes Cabo Verdianas e Brasileiras de Lisboa, através de uma amostra de conveniência. Realizaram-se cinco “focus group”: três com mães Cabo Verdianas e dois com mães Brasileiras, respectivamente. A análise de conteúdo da informação recolhida permitiu-nos identificar crenças, atitudes e práticas de saúde infantil dos países em causa, e barreiras e elementos facilitadores no acesso e utilização dos serviços de vigilância de saúde infantil em Portugal, vivenciados pelas populações estudadas. Reflectimos, ainda, sobre eventuais relações entre as caracterizações que são feitas acerca dos sistemas de saúde do Brasil e de Cabo Verde, comparativamente com Portugal.
Immigration is a growing phenomenon in contemporary societies and involves the contact of people with different realities, with influence in many areas of their lives, including in health. The immigration status is a risk factor in access to and in use to of health services, being children a particularly vulnerable group in this area. Therefore, it is essential intervene with immigrant populations for promoting well-being and prevention of diseases, issue that should be driven from the earliest ages, as contemplated by the Law on the Protection of Children and Young People in Danger (1999) and by the Directorate-General for Health [DGS] (2005), in Portugal. The Cape Verdean population and Brazilian population are the most representative groups of immigrants in the Lisbon Region, having also a strong presence across the country. So, this investigation has as main objective to understand the experiences of child health surveillance of some groups of Cape Verdean immigrant’s mothers and Brazilian immigrant’s mothers, in Lisbon, through a convenience sample. In this study, took place five focus group: three with Cape Verdean mothers and two with Brazilian mothers, respectively. The content analysis of information collected allowed us to identify beliefs, attitudes and practices of child health in the countries concerned, and the enablers and barriers to access and to use the services of child health surveillance in Portugal, experienced by the population analyzed. We reflect, also, on possible links between the characterizations that is made about the health systems of Brazil and Cape Verde, compared to Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/10071/4139
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação de Mestrado_Susana Mourão.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.