Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/3862
acessibilidade
Title: Contributos de mulheres sem-abrigo para a construção de respostas habitacionais/serviços de apoio
Authors: Barros, Rute
Orientador: Menezes, Filipa Lourenço
Serafim, Maria do Rosário
Keywords: Sem-abrigo
Mulheres
Casa
Lar
Photovoice
Escrita criativa
Homeless
Women
Home
Housing photovoice
Creative writing
Issue Date: 2010
Citation: BARROS, Rute - Contributos de mulheres sem-abrigo para a construção de respostas habitacionais/serviços de apoio [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/3862>.
Abstract: O presente estudo investiga as representações simbólicas acerca de casa de 5 mulheres Sem-Abrigo da cidade de Lisboa e, ao mesmo tempo, identifica as suas preferências em termos habitacionais e serviços de apoio. Trata-se de uma amostra pequena, mas que incluiu uma relativa diversidade de situações, nomeadamente, toxicodependência, violência doméstica, problemas de saúde mental, gravidez na adolescência, terem filhos/não terem filhos. A pesquisa empírica baseia-se primordialmente em entrevistas semi-estruturadas, complementadas pela aplicação do photovoice e escrita criativa, no sentido de promover uma participação proactiva e empowerment das participantes. Levando em linha de conta as suas trajectórias habitacionais e, partindo da sua experiência como utentes de algumas respostas de alojamento, o estudo identifica elementos relevantes para o desenvolvimento da concepção dos serviços de apoio e, consequentemente, para a reconstrução de estratégias de reinserção social que permitam a passagem para uma vida autónoma. Estas directrizes são contextualizadas em dois países distintos – Canadá e Portugal – analisando-se, numa perspectiva internacional, as dimensões afectivas e físicas do espaço habitacional, enquanto resposta de apoio. O estudo chega à conclusão de que, para estas mulheres, ter uma casa significa terem autonomia, independência, sendo fundamental para construírem as suas relações sociais e para sentirem estabilidade nas suas vidas.
This study investigates the symbolic representations of home for 5 homeless women in the city of Lisbon and at the same time, identifies their preferences in terms of housing and support services. This is a small sample, but it includes a variety of situations, including drug abuse, domestic violence, mental health problems, teenage pregnancy, having / not having children. The empirical research is based primarily on semi-structured interviews, supplemented by the application of Photovoice and creative writing to promote a proactive participation and empowerment of participants. Taking into account the housing trajectories and, based on their experience as users of some responses of accommodation, the study identifies factors relevant to the development of design support services and hence for the reconstruction of social rehabilitation strategies that allow a transition to independent living. These guidelines are contextualized in two different countries – Canada and Portugal – analyzing, on an international perspective, the emotional and physical dimensions of living space, as a response of support. The study concludes that for these women, having a home means to have autonomy, independence, and is fundamental to build their social relationships and to feel stability in their lives.
URI: http://hdl.handle.net/10071/3862
Designation: Mestrado em Serviço Social
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.