Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/3777
acessibilidade
Title: Excesso de confiança, optimismo e ancoragem em gestores da construção civil no Brasil: estudo de caso da Camargo Correia
Authors: Feitosa, Arnaldo Barros
Orientador: Mendes, Diana
Andrade, Marina
Keywords: Vieses e heurísticas
Excesso de confiança
Otimismo
Ancoragem
Biases and heuristics
Overconfidence
Optimism
Anchoring
Issue Date: 2010
Citation: FEITOSA, Arnaldo Barros - Excesso de confiança, optimismo e ancoragem em gestores da construção civil no Brasil: estudo de caso da Camargo Correia [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/3777>.
Abstract: A mente humana é limitada em sua habilidade de processar informações e tomar decisões. Consequentemente, os indivíduos se utilizam de heurísticas e vieses no intuito de reduzir complexidade do ambiente a níveis gerenciáveis. Heurísticas e vieses de julgamento afetam o processo de tomada de decisão, permitindo que o gestor tome decisões de grande complexidade sob condições simplificadas, com o benefício da economia de tempo. Dessa forma, podem ser úteis aos gestores, tornando mais eficiente o processamento de informações ao direcioná-lo às relevâncias e urgências comuns ao processo de tomada de decisão. Entretanto, este processo também pode levar a importantes inconsistências ou lapsos de decisão que, persistentes e previsíveis, geram padrões de comportamento que podem ser compreendidos pela teoria. O objetivo deste trabalho consiste em diagnosticar vieses do excesso de confiança, otimismo e ancoragem, em gestores de uma importante empresa de construção civil do Brasil. Neste propósito, uma amostra de 84 gestores foi submetida a um questionário estruturado, contento instrumentos selecionados na literatura de processo decisório, no intuito de identificar a presença de vieses. A partir de testes paramétricos e nãoparamétricos, uni e bivariados, constatou-se que os gestores da empresa analisada: (1) são excessivamente confiantes em suas estimativas; (2) parecem mais otimistas que outros grupos de agentes econômicos; (3) São amplamente influenciados por âncoras em suas estimativas. Os resultados corroboram com evidências empíricas, emanadas da literatura sobre heurísticas e vieses, particularmente, com conceitos da Teoria do Prospecto e contrapõem-se aos conceitos oriundos da literatura que aborda o modelo racional de tomada de decisão, mais especificamente, à Teoria da Utilidade Esperada. A partir do diagnóstico dos vieses estudados, propõe-se um modelo de conscientização e treinamento, baseado na literatura existente, de forma a contribuir à mitigação dos vieses sistemáticos dos gestores da empresa analisada.
The human mind is limited in its ability to process information and make decisions. Therefore, individuals use heuristics and biases in order to simplify the complex managerial level environment. Judgment heuristic and biases affects the decision-making process; and it not only enables managers to make high complexity decisions in a simple way, but also saves time. Thus, it can be useful for managers as it makes the information processing more efficient, focusing on what is usually relevant and imperative for the decision-making. However, it can also lead to serious inconsistencies or mistakes which are persistent and predictable, creating behavioral patterns that can be understood by the theory. The objective of this work is to diagnose the biases of overconfidence, optimism, and anchoring in managers of an important Brazilian civil construction organization. A sample from 84 managers was collected in order to achieve our goals, and a structured questionnaire containing selected instruments based on the literature about the decision-making process was applied to identify the presence of biases. Using parametric and non-parametric tests, as well as univariate and bivariate tests, we learnt that the managers of the analyzed organization: (1) were excessively confident in their estimates; (2) seemed to be more optimistic than other economic agent groups; and (3) were greatly influenced by anchors in their estimates. The results corroborate the empiric evidence from the literature about heuristics and biases, especially the concepts of the Prospect Theory, and they refute the concepts from the literature about the rational decision-making model, particularly the Expected Utility Theory. Based on the diagnosis of the studied biases, a training and awareness model was proposed deriving from the existing literature in order to contribute to the mitigation of systematic biases in the managers of the analyzed organization.
Description: Projeto
URI: http://hdl.handle.net/10071/3777
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
ArnaldoBarros_tese_mestrado.pdf478.05 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.