Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/3298
acessibilidade
Title: Mayday! Mayday! Jovens Precários em acção: uma abordagem antropológica de um novo movimento social
Authors: Sampaio, Ricardo Manuel Roumeliotis
Orientador: Bastos, Cristiana Lage David
Sobral, José Manuel
Keywords: Movimento
Social
Ação
Colectiva
Alterglobalização
Primeiro de Maio
Precariedade
Laboral
Capital
Militante
Social
Movement
Collective
Action
Alterglobalization
Mayday
Precararity
Activism
Capital
Issue Date: 2010
Citation: Sampaio, Ricardo Manuel Roumeliotis - Mayday! Mayday! Jovens Precários em acção: uma abordagem antropológica de um novo movimento social [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/3298>.
Abstract: O movimento Mayday é, neste momento, um movimento de dimensões globais, presente em várias cidades de todo o mundo. O primeiro Mayday ocorreu em 2001 em Milão, no contexto das fortes contestações alter-globalização, nomeadamente as ocorridas em Seattle e Génova contra a Organização Mundial de Comércio, que marcaram de forma decisiva o activismo político. As contestações concentravam-se numa forte oposição ao capitalismo enquanto sistema económico e social hegemónico e na necessidade de o ultrapassar e acreditar na existência de alternativas possíveis. Outra característica fundamental para alguns autores e participantes nestas manifestações foi a convergência de vários movimentos de interesses heterogéneos que se uniram nesta luta e a solidariedade demonstrada na resistência à repressão policial. Outro factor recorrente nas análises destes acontecimentos foi a criatividade das estratégias utilizadas. Esta dissertação pretende analisar a orgânica e dinâmica do movimento MayDay Lisboa, durante o ano de 2009, bem como as suas estratégias de acção e formas de protesto. Apresento o conceito de capital militante em rede como ferramenta de análise teórica com grande potencial para a área de estudos sobre acção colectiva e movimentos sociais. No final são apresentadas algumas considerações sobre a o poder de alcance e de influência do movimento MayDay para o desencadear de transformações sociais e culturais.
The MayDay movement is, nowadays, a social movement of global dimension, organized in several cities around the world. The first MayDay happened in 2001, Milan, following the strong alterglobalization protests, namely the ones that occured in Seattle and Genova against the World Trade Organization, and that influenced in a decisive way the field of political activism and mobilization. The protests focused on a strong oposition to capitalism as the hegemonic economic and social system and on the need of believing in the possibility of alternatives. Another fundamental feature for the authors and participants in these protests was the convergene of various movements of heterogeneous interests, that joined together for this fight, and the solidarity that was demonstarted regarding the resistence to the repression by the police authorities. This dissertation aims to analise the organic and dinamic of the movement MayDay Lisbon, during 2009, as well as its strategies and forms of protest. I introduce the concept of the network of activism capital as a tool wuth great potential for the theoretical analysis in the area of studies bout collective action and social movements. Finally, some considerations are presented about potential of the MayDay movement to influence sicial and cultural changes.
URI: http://hdl.handle.net/10071/3298
Designation: Mestrado em Antropologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
MAYDAY! MAYDAY! Jovens Precários em Acção.pdf42.26 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.