Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2909
acessibilidade
Title: Estudo sobre a consumidora portuguesa de vinhos: o impacto das crenças na sua opção de beber vinho
Authors: Barros, Maria Sofia Godinho Quintino de
Orientador: Pereira, Hélia Gonçalves
Keywords: Vinho
Mulheres
Crenças
Wine
Women
Beliefs
Issue Date: 2010
Citation: BARROS, Maria Sofia Godinho Quintino de - Estudo sobre a consumidora portuguesa de vinhos: o impacto das crenças na sua opção de beber vinho [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2909>.
Abstract: O objectivo deste estudo é identificar os factores condicionantes, principais influências e/ou barreiras (atributos, atitude pessoal ou pressão social) na decisão de beber vinho em vez de outra bebida alcoólica para o consumidor português do sexo feminino. Dois focus groups identificaram as crenças relevantes, que suportaram a elaboração de um questionário com treze perguntas (em que duas, eram perguntas de filtro). Obtiveram-se 215 respostas válidas de consumidoras regulares de vinho portuguesas (frequência igual ou superior a uma vez por mês). Os resultados mostraram que, com base na variável sóciodemográfica idade, se pode identificar dois grupos distintos. As consumidoras mais jovens (18/34 anos) encaram o vinho como álcool, ou seja, como uma, de várias, alternativa a outras bebidas alcoólicas. Crenças pessoais, como saúde, controlo do teor alcoólico e permitir evitar "misturas", têm impacto na sua frequência de consumo - quanto melhor percepcionam o vinho, maior é a frequência, e a intenção, de consumo fora das refeições. As consumidoras mais velhas (45/64 anos) encaram o vinho como cultura, ou seja, o vinho surge como uma bebida de acompanhamento das refeições, com a sofisticação e o requinte que merece. Ligado ao controlo do teor alcoólico, e consumido moderadamente faz bem à saúde. Os excessos, de que é exemplo o consumo fora das refeições, é penalizado socialmente (opinião dos outros negativa) e pessoalmente (opinião própria negativa). Futuros estudos deverão aprofundar a eventual diferenciação de crenças relacionadas com consumo de vinho e consumo de bebidas alcoólicas alternativas.
This study main purpose is to identify the conditioning factors, main influences and/or barriers (attributes, personal attitude or society pressure) on the decision of having wine instead of any other alcoholic beverage, for the Portuguese female consumer. Two focus groups have identified the most relevant beliefs, which were used on the elaboration of a thirteen question form (two of those were filter questions). There were 215 valid forms received from Portuguese female regular wine consumers (once a month or more). The results demonstrate, based on the sociodemographic variable age, that there are two distinct consumer groups. The younger consumers (ages 18/34) perceive wine as alcohol, as an alternative to any other alcoholic beverages. The evaluation of personal beliefs, such as health, alcohol percentage control, or the possibility of avoiding “mix”, has a high impact on these consumers consumption frequency – the better they perceive wine, the higher is the frequency, and intent, of consuming out of meals. The older consumers (ages 45/64) look at wine as culture. For them wine is mostly a drink to be taken along with a meal, with the sophistication and refinement it deserves. Highly connected with the alcohol percentage control notion and, when wisely consumed, good for the health. Excesses, which are strongly “embodied” on the out of meal consumption, are penalized both socially (negative third party opinion) and personally (negative own impression). Further studies shall deepen the possible differentiation of beliefs, regarding wine and other alcoholic beverages.
URI: http://hdl.handle.net/10071/2909
Designation: Mestrado em Marketing
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_Sofia_Barros.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.