Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2896
acessibilidade
Title: Percepções dos recrutadores e empregadores acerca de desempregados de longa duração
Authors: Rodrigues, Tatiana Joy
Orientador: Ramos, Sara
Keywords: Emprego
Desempregado de longa duração
Estereótipos
Discriminação
Employment
Long-Term Unemployed
Stereotypes
Discrimination
Issue Date: 18-Aug-2011
Citation: RODRIGUES, Tatiana Joy - Percepções dos recrutadores e empregadores acerca de desempregados de longa duração [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2010. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2896>.
Abstract: O mercado de trabalho não é uma realidade imune às distinções sociais. Nele se produzem fortes desigualdades nas formas de integração profissional, que vitimizam os indivíduos por discriminação e preconceito em função das propriedades dos grupos a que pertencem. A presente investigação, de índole qualitativa aborda a questão do acesso ao mercado de trabalho daqueles que estão privados ou depreciados em relação a obtenção de emprego. Procurou-se assim apurar se, a permanência do desemprego em situação prolongada e superior a um ano (desemprego de longa duração), apresenta limitações no acesso e na reocupação profissional. Neste sentido, procurou-se, por intermédio de entrevistas semi-estruturadas e individuais, aceder às representações de empregadores e técnicos de recrutamento e selecção sobre os desempregados de longa duração e averiguar se essas percepções se reflectem em comportamentos de exclusão. Tornou-se objectivo do presente estudo também comparar as representações entre empregadores e recrutadores e perceber qual das entidades revela um discurso menos estereotipado. No geral, os participantes revelaram atitudes desfavoráveis à contratação de desempregados de longa duração, tendo sido mais expressivas nos recrutadores ao contrário do esperado e sustentado pelos estudos de Meager e Metcaf (1987). Os resultados permitem assim inferir que propensão do desempregado de longa duração à obtenção de reinserção profissional é limitada e consequência das crenças e valores pessoais dos agentes de emprego.
The labor market it not immune to social distinctions. Thus, among it, some individuals are victims of discrimination and prejudice based the social group they belong to. This qualitative study is concerned with the access to the labor market of those who are deprived or depreciated in obtaining employment. The following investigation attempted, therefore, to corroborate if long term unemployment (superior to one year) presents boundaries to the access of employment. In this sense, by means of individual semi-structured interviews this study tried to find the representations that both employers and recruiters have over the long term unemployed and comprehend if these representations are reflected in exclusion behaviour. Hence, it was also the aim of this study to compare the perceptions between employers and recruiters and verify which of these employment agents reveal a less stereotyped dispute. Overall, the participants revealed unfavourable attitudes in hiring long term unemployed, more noticeable among the recruiters, contrary to the expected and assured by Meager e Metcaf (1987). The results enable the conclusion that the probability of re-employment of a long term unemployed is limited and due to personal values and beliefs of the employment agents.
URI: http://hdl.handle.net/10071/2896
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.